BUSCAR
BUSCAR
Violência
“Ele ia matar o meu filho”, diz mãe de jovem esfaqueado por vizinho
Adolescente de 15 anos tentou impedir homem de agredir a própria mãe em condomínio em Taguatinga, nesse domingo 27 quando foi atingido
Metrópoles
28/02/2022 | 16:44

Ainda assustada, a mãe do adolescente de 15 anos esfaqueado pelo vizinho dentro de um condomínio em Taguatinga, nesse domingo 27, concedeu entrevista ao Metrópoles. Segundo ela, o suspeito – que continua foragido – teria matado o jovem, caso o garoto não tivesse corrido. Hugo Antunes Almeida agredia a própria mãe, quando o jovem interveio e acabou sendo atingido com uma facada na barriga.

Toda ação foi flagrada por câmeras de segurança. Nas imagens é possível ver e ouvir o desespero da mãe, pedindo para o filho correr e gritando por socorro.

“Fica um receio e sentimento de insegurança. Se ele conseguisse pegar meu filho ele teria matado. Ele também veio para cima de mim, fechei a porta de vidro do prédio e gritei pro meu filho correr. Poderia ter acontecido algo pior”, diz a mãe do jovem ferido. A identidade dela será mantida em sigilo, para não identificar, indiretamente, o menor agredido.

O jovem foi atingido nas mãos e na barriga. De acordo com a mãe, os ferimentos foram superficiais e o garoto já recebeu alta.

O caso está sendo investigado pela 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte) como violência contra a mulher. Vizinhos de Hugo afirmam que os conflitos no apartamento eram frequentes. De acordo com o subsíndico do edifício, Newton Valeriano, há cerca de noves meses, a Polícia Militar do DF foi acionada para conter brigas na família.

“Temos um condomínio bem tranquilo, convivência boa e harmônica. Moro no edifício há três anos e sempre que ocorre alguma situação de agressão, briga e gritaria é nesse apartamento. Vamos repassar todos os detalhes para os moradores, na intenção de apaziguar os ânimos entre os vizinhos”, revelou o subsíndico.

Segundo uma testemunha, que preferiu não se identificar por questão de segurança, Hugo Antunes é empresário e, com sinais de embriaguez, queria pegar o carro da mãe para ir até a casa da ex-mulher. Ainda de acordo com a testemunha, essa não é a primeira vez que o homem agride a familiar.

Entenda o caso

Segundo testemunhas, o homem chegou em casa alterado, exigindo o telefone e o carro da mãe. Diante da negativa, passou a destruir a residência e a desferir socos e pontapés contra a mulher. Um dos irmãos do agressor, que presenciou a cena, tentou pará-lo, mas também acabou machucado. Tudo ocorreu antes das 8h.

No momento em que ouviu gritos, o adolescente tentou conter o agressor. Sem perceber que o homem estava com uma faca em mãos, o jovem se aproximou para ajudar a senhora e, antes que pudesse fazer qualquer coisa, Hugo foi em direção ao rapaz e o atingiu na barriga.

Desesperada, a mãe do rapaz correu pelo prédio gritando por socorro e pedindo para que o filho fugisse do agressor. Nesse momento, o homem, que havia perseguido o menino até o estacionamento do condomínio, entrou em um carro e fugiu.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.