BUSCAR
BUSCAR
Faixa de Gaza

Egito abre fronteira brevemente e ajuda chega à Gaza pela 1ª vez

O lote de ajuda é o primeiro a ser fornecido aos moradores desde os ataques terroristas do Hamas contra Israel
22/10/2023 | 08:32

Um comboio de 20 caminhões transportando ajuda humanitária cruzou a fronteira do Egito com a Faixa de Gaza nesta sábado, 21, pela primeira vez após dias de negociação diplomática para levar alimentos, água e remédios ao enclave. Com o bloqueio total de Israel ao território palestino, os suprimentos estão acabando e os hospitais se aproximam cada vez mais do colapso.

O lote de ajuda é o primeiro a ser fornecido aos moradores desde os ataques terroristas do Hamas contra Israel, no dia 7. Ele foi possível após um acordo entre EUA, Israel e Egito.

Egito abre fonteira para levar água, alimentos e remédios. Foto: reprodução
Egito abre fonteira para levar água, alimentos e remédios. Foto: reprodução

Organizações que atuam na região como ONU e Médicos Sem Fronteira saudaram o avanço, mas dizem que a chegada é insuficiente. A ONU diz serem necessários ao menos 100 caminhões diários para ajudar os 2,4 milhões de moradores de Gaza.

A principal preocupação é com a falta de combustíveis em hospitais, que impede a manutenção de UTIs e necrotérios, bem como de aparelhos vitais.

Segundo a agência da ONU para refugiados, a Acnur, o governo de Israel vetou a entrada de combustível, com o temor de que o insumo pudesse ser desviado pelos terroristas do Hamas. As próximas remessas de ajuda, assim como a primeira, devem entrar em Gaza após uma inspeção conjunta de israelenses, egípcios e da ONU, mas, por enquanto, não há previsão de entrega de combustível.

O secretário de Estado americano, Anthony Blinken, alertou o Hamas para não tentar desviar a ajuda humanitária sob pena de que ela seja suspensa.

A passagem de fronteira de Rafah, que liga a Península do Sinai, no norte do Egito, à Faixa de Gaza abriu seus portões brevemente ontem pela primeira vez durante o atual conflito. Centenas de voluntários e mais de 200 caminhões carregando cerca de 3 mil toneladas de ajuda estão em fila para ter acesso à passagem há dias, mas apenas uma pequena parte foi liberada ontem.

O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou na quarta-feira um acordo com o Egito para permitir um primeiro comboio, mas ele demorou a ser posto em prática.

Centenas de portadores de passaportes estrangeiros – incluindo um grupo de 30 brasileiros – também esperam para atravessar de Gaza para o Egito e escapar do conflito. Mas não estava claro quando isso poderia ocorrer. Segundo o jornal The New York Times, Cairo continua extremamente relutante em permitir a entrada de qualquer pessoa vinda de Gaza no seu território.

Cerco

Israel impôs, no dia 9, um cerco total à Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, que dois dias antes lançou uma incursão sem precedentes em solo israelense, matando 1,4 mil e fazendo 210 reféns, segundo número atualizado ontem pelo Exército.

Dentro de Gaza, mais de 4,3 mil palestinos foram mortos em bombardeios da retaliação israelense, segundo o Ministério da Saúde do território. A abertura da fronteira ocorreu horas depois que o Hamas libertou uma mulher americana e sua filha adolescente – as duas também com cidadania israelense -, as primeiras do grupo de reféns a serem soltas.

‘Cúpula da Paz’

Países europeus, africanos, entre outros, reuniram-se no Cairo ontem para uma “cúpula da paz”, mas depois de horas de discursos, não houve nenhum consenso. A reunião expôs divisões, com líderes árabes criticando os ocidentais pelo seu silêncio sobre os ataques aéreos de Israel contra civis palestinos em Gaza.

“A mensagem que o mundo árabe ouve é alta e clara”, disse o rei da Jordânia, Abdullah II. “As vidas dos palestinos importam menos que as de Israel. Nossas vidas importam menos do que outras vidas. A aplicação do direito internacional é opcional e os direitos humanos têm limites – eles param nas fronteiras, param nas raças e param nas religiões.”

O Brasil também participou e, em seu discurso, o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, defendeu uma negociação para uma pausa humanitária no conflito em Gaza.

Um dos objetivos da reunião era uma declaração conjunta. Mas líderes europeus se opuseram a assinar um projeto apresentado pelo Egito que não mencionava o direito de Israel de se defender contra o Hamas, segundo fontes citadas pelo New York Times. No final, nenhuma declaração foi emitida.

ESTADÃO CONTEÚDO

Memórias Póstumas de Brás Cubas está no topo de vendas da Amazon
Em segundo lugar vem O Idiota, do autor russo Fyodor Dostoyesky
21/05/2024 às 16:51
Garota de programa é presa por manter relações com mais de 200 clientes sem revelar ser portadora de HIV
Autoridades alertaram que clientes possivelmente infectados podem estar espalhados pela Costa Leste dos EUA
21/05/2024 às 13:42
“Escandaloso”, diz Biden sobre pedido de prisão contra Netanyahu
Joe Biden classificou o pedido de prisão contra Benjamin Netanyahu de “escandaloso”, por igualar autoridades israelenses e membros do Hamas
20/05/2024 às 21:28
EUA rejeitam proposta brasileira de imposto global para bilionários
Proposta, aderida por cerca de 140 países em 2021, exigiria que os multimilionários pagassem impostos no valor de pelo menos 2% da sua riqueza total todos os anos
20/05/2024 às 19:31
Presidente do Irã morre em queda de helicóptero, confirma mídia estatal
Todos os outros oito que estavam na aeronave também morreram, incluindo o ministro das Relações Exteriores do país, Hossein Amir Abdollahian
20/05/2024 às 07:37
Cometa ilumina os céus de Portugal e Espanha
Agência Espacial Europeia estimou que o objeto voou sobre os países a uma velocidade de 45 km por segundo antes de queimar sobre o Atlântico na noite de sábado 18
19/05/2024 às 17:53
Helicóptero com presidente do Irã faz pouso forçado; neblina atrapalha resgate
Segundo agência estatal, aeronave estava viajando em comboio com outras duas; equipes de resgate tentam chegar a local do pouso
19/05/2024 às 14:01
Câmara dos EUA aprova lei para forçar Biden a repassar armas a Israel
Projeto, no entanto, não deve passar pelo Senado americano e seria vetado pelo próprio presidente após tramitação
16/05/2024 às 20:08
Pesquisadores descobrem exoplaneta com a densidade de um algodão doce
De acordo astrônomos, Wasp-193b é 50% maior que Júpiter, porém, tem sete vezes menos massa
16/05/2024 às 19:37
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.