BUSCAR
BUSCAR
Desafio
Doria desafia “Bananinha”: “Podem me chamar na CPI que vou
Governador de São Paulo respondia a postagem do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho "03" do presidente Jair Bolsonaro
Metrópoles
26/05/2021 | 14:50

O governador de São Paulo, (PSDB), respondeu no Twitter a uma alfinetada do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que perguntou se o tucano iria à CPI da Covid, com um link sobre demora na compra de medicamentos para o kit intubação.

Chamando o filho do presidente de “bananinha“, Doria afirmou que não foge de CPI e que, em relação aos medicamento, está “fazendo o trabalho que o papai não fez”.

Veja o post:

Bananinha, enquanto você produz fakenews e cloroquina, com esse ovo vamos produzir 2 doses da Butanvac.

Podem me chamar na CPI que vou.
Quem não deve, não teme. Não foge de CPI nem do COAF.

Sobre os kits intubação, estamos fazendo aqui o trabalho que o papai não fez.

A CPI aprovou nesta quarta-feira 26 a convocação de governadores e ex-governadoresalvos de investigações por irregularidades na condução da pandemia. O nome de Doria não está incluso.

Minutos antes, em coletiva de imprensa, o governador alfinetou o presidente Jair Bolsonaro. “Amigos e amigas, não é hora de passear de moto, de jet-ski. É hora de providenciar vacinas”, disse em referência ao passeio de moto promovido pelo presidente.

No último fim de semana, Bolsonaro se encontrou com motoqueiros no Rio de Janeiro, provocando aglomeração. Um evento semelhante havia ocorrido em Brasília no Dia das Mães, e há previsão de que se repita em São Paulo e Minas Gerais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.