BUSCAR
BUSCAR
Resposta
Líder do PRTB no RN, Coronel Hélio concorda com Hamilton Mourão: “Não temos segregação racial no País”
Presidente do PRTB no RN diz concordar com a fala do vice-presidente Mourão, do mesmo partido, de que “não há racismo no Brasil”
Redação
23/11/2020 | 14:03

O presidente do PRTB no Rio Grande do Norte, Coronel Hélio, afirma que a crítica feita pela deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), que garantiu não existir racismo no Brasil, faz parte da conduta ideológica do partido que ela integra.

“O discurso da Natália é pensado para provocar a segregação racial que nunca existiu no Brasil. Analisando o estatuto do PT fica mais claro entender o que digo. Afinal, o estatuto deles prevê a ideologia de gênero e as cotas raciais, que estimulam, ainda mais, esse discurso de ódio e segregação”, sustenta.

Ele, que entre 13 candidatos ficou em 6º lugar na disputada pela Prefeitura do Natal, disse concordar com a declaração de Mourão, dada na sexta-feira 20, Dia da Consciência Negra, durante um comentário sobre a morte de um homem negro por seguranças de um supermercado de Porto Alegre (RS).

A vítima do caso em questão, identificado como João Alberto Silveira Freitas, tinha 40 anos de idade e foi espancado por seguranças até a morte depois de discutir com uma funcionária do Carrefour. Os dois seguranças foram presos.

“Concordo com o vice-presidente em gênero, número e grau, pois não temos segregação racial no País. O que existe é o desejo da esquerda em segregar nosso povo, que é uma só nação”, reforça.

O caso ganhou destaque nacional, e a fala do presidente incitou ainda mais a repercussão, especialmente entre os parlamentares. A deputada federal Natália Bonavides foi uma das figuras públicas que se manifestaram sobre o assunto.

 “Horas depois do assassinato bárbaro de João Alberto, o vice-presidente Mourão tem a cara de pau de dar essa declaração canalha, perversa e mentirosa, de que não existe racismo no Brasil. Esse governo genocida precisa ser derrubado!”, escreveu a parlamentar potiguar no Twitter.

O coronel expõe que o posicionamento da deputada não se sustenta, argumentando fatores históricos, como a expulsão dos holandeses do Rio Grande do Norte por índios que se alinham às tropas regulares. Tal comportamento, para ele, evidencia que o “sentimento de união, sem segregação, surge quando índios, caboclos, negros e brancos buscam o bem comum de todos. Isso, sim, é uma nação diversificada, mas com um único povo”.

Cotas raciais

Coronel Hélio critica também o sistema de cotas raciais para ingresso em instituições públicas de ensino. “Sou totalmente contra, porque o nosso dever é oportunizar o ensino de qualidade para todos. Só assim teremos as pessoas preparadas para concorrem de forma igualitária, sem precisar de cotas”, destaca.

Ele avalia que as cotas raciais “mascaram” o real problema da educação, que é a falta de propostas para utilização assertiva dos recursos financeiros disponibilizados pelo poder público.

“O Brasil é um dos últimos colocados no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). Aqui, no RN, somos o pior índice do País no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Com o dinheiro que há disponível, é necessário investir na valorização dos professores, na estrutura dos prédios que sediam a escola, além de focar mais em conteúdo de português e matemática, e menos em ideologia”, comenta.

O coronel frisa que o posicionamento sobre as cotas raciais serve, também, para o critério racial para divisão, aprovado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que determina a divisão de dinheiro e tempo respeitando a proporção de candidatos negros e brancos. Ou seja: a quantia e o tempo destinado a brancos devem ser as mesmas para negros.

Eleições 2020

Coronel Hélio foi o nome do PRTB, sigla que tem como figura mais conhecida o vice-presidente Mourão, para concorrer pela vaga de prefeito de Natal. Disputando o cargo pela primeira vez, ele demostra contentamento com o resultado das eleições, realizadas no domingo 15.

O então candidato recebeu apoio público de Mourão e do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (Sem Partido).

“discurso da natália é para provocar a segregação racial que nunca existiu no brasil”, diz coronel hélio
Presidente Jair Bolsonaro ao lado do Coronel Hélio – Foto: Reprodução

“Foi um resultado muito expressivo. Fique à frente, inclusive, de nomes mais conhecidos, como de deputados. Estou grato e agradecido aos 9.398 eleitores que acreditaram no projeto que apresentei. Sempre me coloquei como gestor para melhor a vida dos natalenses. Acredito que podemos mudar a cidade”, finaliza, sem garantir candidatura para algum cargo nas eleições de 2022 e 2024.  

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.