BUSCAR
BUSCAR
Dilma diz que Wilma é a madrinha do Aeroporto de São Gonçalo

28/11/2011 | 13:51

Num momento delicado para a carreira política da ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma Maria de Faria (PSB), a presidente da República, Dilma Rousseff (PT) não poderia ter dado um presente maior para a guerreira. Apontada pelo Ministério Público como participante do esquema da inspeção veicular, fato apontado como “pirotecnia jurídica” pela ex-governadora, a presidente disse que a realização do aeroporto se deve a Wilma que, recém-eleita governadora em 2002, iniciou ao lado do então secretário de Planejamento e Finanças, Vagner Araújo, o périplo da luta pela implantação do empreendimento em solo de São Gonçalo do Amarante.

Em seu discurso esta manhã, durante solenidade de assinatura do contrato de concessão do aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante com o consórcio Inframérica, vencedor do leilão de construção e administração da obra, a presidente Dilma Rousseff chegou a afirmar, ainda nos cumprimentos, que Wilma foi a “grande lutadora” do projeto. “Um dia chegou à minha sala a governadora eleita Wilma de Faria. Vinha com um rapaz chamado Wagner Araujo. E a partir daí aparecia Wilma na sala com a proposta do projeto de São Gonçalo do Amarante”, disse a presidente Dilma, pelo que Wilma, presente à solenidade, chegou a ser ovacionada pela multidão. “Depois, vinha toda a bancada e todos os partidos, e a governadora (Rosalba), que era senadora”, ordenou a presidente.

Leia mais em O Jornal de Hoje

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.