BUSCAR
BUSCAR
Futebol
Diego Souza exalta luta gremista, mas lamenta gol sofrido e expulsão de Kannemann
Já classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Grêmio jogava nesta quinta-feira pela liderança do Grupo E e só conseguiu o empate por 1 a 1 com o América de Cali no último lance da partida
Estadão
23/10/2020 | 09:22

Já classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Grêmio jogava nesta quinta-feira pela liderança do Grupo E e só conseguiu o empate por 1 a 1 com o América de Cali no último lance da partida, em pênalti cobrado e convertido por Diego Souza aos 52 minutos do segundo tempo.

Mesmo assim, o atacante afirmou que gostou da postura do time brasileiro e que o Grêmio foi superior ao adversário desde o começo. “Acho que nossa equipe desde o primeiro minuto teve superioridade. O mais importante é que não desistimos, somos primeiro do grupo, o mais importante. Só lamento a perda de um guerreiro nosso injustamente, o Kannemann”, falou se referindo ao zagueiro expulso.

Já classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Grêmio jogava nesta quinta-feira pela liderança do Grupo E e só conseguiu o empate por 1 a 1 com o América de Cali no último lance da partida, em pênalti cobrado e convertido por Diego Souza aos 52 minutos do segundo tempo.

Mesmo assim, o atacante afirmou que gostou da postura do time brasileiro e que o Grêmio foi superior ao adversário desde o começo. “Acho que nossa equipe desde o primeiro minuto teve superioridade. O mais importante é que não desistimos, somos primeiro do grupo, o mais importante. Só lamento a perda de um guerreiro nosso injustamente, o Kannemann”, falou se referindo ao zagueiro expulso.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.