BUSCAR
BUSCAR
Justiça

Deputados do RN pedem regulação das redes sociais após Musk ameaçar descumprir ordens da Justiça

Parlamentares do PT veem ataque à democracia brasileira e pedem responsabilização das redes sobre conteúdo que nelas trafega; oposição enaltece dono do Twitter
Redação
09/04/2024 | 07:41

Os deputados federais Fernando Mineiro e Natália Bonavides, do PT do Rio Grande do Norte, defenderam nesta segunda-feira 8 que o Congresso Nacional aprove uma legislação para tratar da regulamentação do uso das redes sociais. Um projeto do tipo já passou pelo Senado em 2020 e, desde então, aguarda análise da Câmara.

A defesa dos parlamentares potiguares ocorre em meio aos ataques do bilionário Elon Musk, dono da rede social X (antigo Twitter), ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e a decisões da Justiça brasileira. Em publicações no fim de semana, Musk ameaçou descumprir decisões de Moraes e reativar perfis bloqueados pela Justiça.

Natália: Elon Musk age para atacar soberania brasileira. Foto: Vinicius Loures/Câmara
Natália: Elon Musk age para atacar soberania brasileira. Foto: Vinicius Loures/Câmara

Para Mineiro, “os ataques de Elon Musk ao STF não são coisa de um ‘bilionário excêntrico’, como pensam muitos desavisados”. “Na verdade, fazem parte de uma articulação internacional da extrema-direita pra minar a democracia. Isso só demonstra a urgência de aprovarmos a regulação das redes”, argumentou o petista.

Na mesma linha, Natália Bonavides enfatizou que Musk “tenta atacar nossa soberania”. “Ao apoiar esse sujeito, a extrema direita prova mais uma vez que odeia o Brasil e que de patriota não tem nada. Fiquemos em alerta sempre, as eleições de 2022 foram apenas uma trincheira vencida contra o fascismo.

É hora de o Congresso agir contra as fake news e a interferência das redes sociais. Precisamos votar de forma urgente o PL 2630/2020 na Câmara”, escreveu a parlamentar.

Relator do PL 2630 das fake news, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) disse que pediria ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para incluir a proposta novamente na pauta. Houve tentativas de votação do texto em 2022 e 2023, mas, nas duas vezes, a pressão contrária das grandes empresas de tecnologia barrou o avanço.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta segunda-feira 8 que a regulação das redes sociais é “inevitável” e cobrou da Câmara dos Deputados a votação do projeto aprovado pelos senadores em 2020.

“Considero isso [regulação] fundamental. Não é censura, não é limitação à liberdade de expressão. São regras para o uso dessas plataformas digitais, para que não haja captura de mentes, de forma indiscriminada, que possa manipular desinformação, disseminar ódio, violência, ataques a instituições”, disse o senador.

Após os ataques de Musk, o ministro Alexandre Moraes incluiu o bilionário no inquérito em andamento no STF que apura a atuação de milícias digitais. O ministro falou em “dolosa instrumentalização” da rede social diante da possibilidade de reativação de contas suspensas por ordem judicial. O magistrado também determinou a abertura de um inquérito contra o bilionário para apurar possíveis crimes de obstrução à Justiça, inclusive em organização criminosa e incitação ao crime.

Oposição enaltece Musk

Investigado no STF por incitação de atos antidemocráticos, o deputado federal General Girão (PL-RN) saiu em defesa dos argumentos de Musk. Embora não tenha citado diretamente o bilionário, o deputado bolsonarista reproduziu trechos da Constituição ao criticar o que chamou de “censura”.

“Alguns atos que não se coadunam com um regime democrático: perseguição política; censura; cerceamento da liberdade; prisões arbitrárias; insegurança jurídica; juízes falando fora dos autos; restrições à representatividade política militar; mídia comprada. Temos algo assim no Brasil?”, escreveu Girão, que é crítico de Moraes.

O deputado Sargento Gonçalves (PL-RN) fez uma série de publicações enaltecendo as posições de Elon Musk. Ele compartilhou trechos escritos pelo dono do Twitter e inseriu na legenda: “A aula de hoje do ser humano Elon Musk aos senadores e demais políticos brasileiros!”.

“Minha continência, Elon Musk! A liberdade é tão importante quanto a vida, pois sem liberdade o indivíduo não vive plenamente. Deus salve o Brasil!”, disse Gonçalves.

Ele também criticou a possibilidade de aprovação do PL das Fake News: “Essa gente gosta é de ditadura. Se engana quem acha que defendem a democracia.”

Musk investigado

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal) determinou na noite deste domingo 7 a inclusão do empresário Elon Musk, dono da rede social X (antigo Twitter), como investigado no inquérito que apura a existência de milícias digitais antidemocráticas e seu financiamento. O ministro decidiu ainda que rede social deve se abster de desobedecer qualquer ordem judicial já proferida pelo STF ou pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Memórias Póstumas de Brás Cubas está no topo de vendas da Amazon
Em segundo lugar vem O Idiota, do autor russo Fyodor Dostoyesky
21/05/2024 às 16:51
Garota de programa é presa por manter relações com mais de 200 clientes sem revelar ser portadora de HIV
Autoridades alertaram que clientes possivelmente infectados podem estar espalhados pela Costa Leste dos EUA
21/05/2024 às 13:42
“Escandaloso”, diz Biden sobre pedido de prisão contra Netanyahu
Joe Biden classificou o pedido de prisão contra Benjamin Netanyahu de “escandaloso”, por igualar autoridades israelenses e membros do Hamas
20/05/2024 às 21:28
EUA rejeitam proposta brasileira de imposto global para bilionários
Proposta, aderida por cerca de 140 países em 2021, exigiria que os multimilionários pagassem impostos no valor de pelo menos 2% da sua riqueza total todos os anos
20/05/2024 às 19:31
Presidente do Irã morre em queda de helicóptero, confirma mídia estatal
Todos os outros oito que estavam na aeronave também morreram, incluindo o ministro das Relações Exteriores do país, Hossein Amir Abdollahian
20/05/2024 às 07:37
Cometa ilumina os céus de Portugal e Espanha
Agência Espacial Europeia estimou que o objeto voou sobre os países a uma velocidade de 45 km por segundo antes de queimar sobre o Atlântico na noite de sábado 18
19/05/2024 às 17:53
Helicóptero com presidente do Irã faz pouso forçado; neblina atrapalha resgate
Segundo agência estatal, aeronave estava viajando em comboio com outras duas; equipes de resgate tentam chegar a local do pouso
19/05/2024 às 14:01
Câmara dos EUA aprova lei para forçar Biden a repassar armas a Israel
Projeto, no entanto, não deve passar pelo Senado americano e seria vetado pelo próprio presidente após tramitação
16/05/2024 às 20:08
Pesquisadores descobrem exoplaneta com a densidade de um algodão doce
De acordo astrônomos, Wasp-193b é 50% maior que Júpiter, porém, tem sete vezes menos massa
16/05/2024 às 19:37
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.