BUSCAR
BUSCAR
Análise
Deputados avaliam que investir em patrimônios gera emprego e renda
Para deputados estaduais da Assembleia Legislativa, a retomada das atividades no espaço artístico ajudará no fomento dos setores cultural e turístico – este, um dos grandes pilares de geração de emprego e renda no Estado
Pedro Trindade
27/11/2020 | 07:38

O Governo do Rio Grande do Norte confirmou ao Agora RN esta semana que as obras de restauração e recuperação do Teatro Alberto Maranhão, localizado na Ribeira, Zona Leste de Natal, devem ser concluídas em fevereiro do próximo ano.

Para deputados estaduais da Assembleia Legislativa, a retomada das atividades no espaço artístico ajudará no fomento dos setores cultural e turístico – este, um dos grandes pilares de geração de emprego e renda no Estado.

O investimento do Governo do Estado é de R$ 9,6 milhões em obras e equipamentos, realizados com recursos de empréstimo junto ao Banco Mundial. Atualmente, o serviço segue em ritmo avançado, com 48% das etapas concluídas.

O deputado estadual Hermano Morais (PSB) comenta que a conclusão das obras no Teatro Allberto Maranhão beneficiará artistas da terra, bem como a população em geral, que terá de volta um dos mais tradicionais espaços culturais de Natal.

“O TAM é o mais belo prédio e o mais antigo teatro da capital. É necessário ter esse cuidado com ele, mas também com monumentos que integram o corredor cultural de Natal, como o Forte dos Reis Magos e o Museu da Rampa”, comenta.

O deputado aponta, porém, que a Fortaleza dos Reis Magos, na Praia do Forte, Zona Leste, merece igual atenção porque também tem significativa importância para o fortalecimento da identidade cultural e histórico dos natalenses, já que a cidade teve sua origem naquele prédio.

“O Forte está há muito tempo fechado e aguardando a conclusão das obras. Há tempos, o espaço não é visitado pelas pessoas de nossa cidade, tampouco pelos turistas. Fazer um grande investimento no espaço vai valorizar nossa cultura e trazer de volta a visitação por parte da população. É importante que as obras sejam concluídas o quanto antes, pois isso vai trazer benefícios para o turismo do RN”, explica.

Já o Museu da Rampa, na visão de Hermano, vai resgatar uma parte da história do Estado que não está no imaginário popular: a participação de Natal na Segunda Guerra Mundial.

“É uma obra importantíssima. Esse museu será importante para um novo momento do turismo potiguar, por isso, ele é muito aguardado. O Museu da Rampa é fruto do trabalho de muitos estudiosos, que, com esforço, vem reunindo um grande acervo. A exposição desse material fará um resgate histórico de Natal”, apresenta.

Hermano, ainda, parabeniza as obras encabeçadas pelo Governo do Estado, pois, segundo ele, “elas vêm ao encontro das necessidades e reivindicações daqueles que promovem a cultura no nosso estado, mas também do setor de turismo, que é o maior gerador de emprego e renda na capital e estado”.

O pensamento é alinhado ao de Ubaldo Fernandes (PL), que classifica as obras em questão como “de fundamental importância” para criar resgatar as atividades culturais no Estado, que estimularam o desenvolvimento econômico através do turismo, especialmente no período vivenciado, em meio à pandemia do novo coronavírus.

“O fechamento desses espaços gerou uma perda irreparável para nosso Estado, e principalmente para capital, que é vocacionada para o turismo. Ficamos órfãos esse tempo todo. A cidade ficou desprovida dos eventos culturais. Essa iniciativa do Governo do RN vai resgatar a efervescência da nossa cidade. Tenho certeza que com esses patrimônios históricos funcionando teremos um novo momento para cultura do RN”, afirma.

O deputado estadual acredita que esse investimento pode potencializar o turismo cultural no estado, que, somado ao roteiro de sol e mar, estimulará o desenvolvimento da economia criativa.

“O turista que vem ao Estado é procurando roteiro sol e mar, mas também podemos oferecer esses espaços. Isso ajudará na ascensão da economia criativa da cultura. É importante faz as coisas acontecerem. Quero parabenizar o governo por ter tido essa sensibilidade em atender essa demanda da área cultural, mas também do turismo, que estavam carentes desses espaços”, pontua.

Para Kleber Rodrigues (PL), esses pontos turísticos ajudam no desenvolvimento socioeconômico de todo o Estado. “São pontos turísticos bastante conhecidos. No que o RN é forte? No turismo, que gera emprego e renda. Com essas áreas reformadas para receber os turistas, a população tem muito a ganhar com essa oportunidade de acesso à renda”, destaca.

A geração de emprego também é apontada pela deputada estadual Cristiane Dantas (Solidariedade) como fator de retorno para os investimentos nos patrimônios.

“Todas as obras que incentivem o turismo e a cultura, dando condições de turistas e estudantes conhecerem nossa história que é tão rica, são essenciais para o nosso Estado. Além disso, são importantes para a geração de emprego e renda para guias turísticos e vendedores informais”, finaliza.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.