BUSCAR
BUSCAR
Política
Deputado pede que MP Eleitoral investigue Bolsonaro e Tarcísio
Deputado Ivan Valente aponta que evento transmitido pela estatal EBC teve propaganda eleitoral antecipada
Metrópoles
27/02/2022 | 15:42

O deputado Ivan Valente, do PSol de SP, pediu que o Ministério Público Eleitoral apure se Jair Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, fizeram propaganda eleitoral antecipada na última quinta-feira (24/2) no interior de São Paulo. O evento foi transmitido pela TV Brasil, da estatal Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Durante a cerimônia, o locutor da festa de Peão de Barretos, Cuiabano de Lima, pediu uma oração pelo “futuro político do ministro Tarcísio” e encerrou sua participação gritando o número de urna de Bolsonaro no PL. “Põe no 22 aí”.

“Não é a primeira vez que o presidente Jair Messias Bolsonaro pratica atos caracterizados como campanha antecipada em atos do governo. Como se não fosse suficiente, o ministro da Infraestrutura se oportuniza também de atos do governo para se promover, visando sua pretensão à candidatura”, escreveu o deputado. Bolsonaro é pré-candidato à reeleição na Presidência, enquanto Tarcísio é pré-candidato ao governo paulista.

Além de crime eleitoral, Valente pediu que o Ministério Público Eleitoral investigue se Bolsonaro e Tarcísio cometeram improbidade administrativa. Se o procurador-geral eleitoral, Augusto Aras, avançar na apuração, o processo será enviado ao Tribunal Superior Eleitoral.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.