BUSCAR
BUSCAR
Política

Deltan anuncia desistência de pré-candidatura à Prefeitura de Curitiba

Em rede social, deputado federal cassado diz estar trabalhando para fortalecer rede de candidatos do Novo pelo país
Redação
03/05/2024 | 19:11

O deputado federal cassado Deltan Dallagnol publicou na manhã desta sexta-feira 3 um vídeo em rede social anunciando a desistência da pré-candidatura à Prefeitura de Curitiba. Ele afirma que a decisão foi tomada “depois de muita oração e de muita reflexão”.

Deltan teve o mandato cassado em maio do ano passado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por causa de alegada violação à Lei da Ficha Limpa. Os magistrados consideraram, por unanimidade, que houve fraude à legislação por ter se exonerado do Ministério Público antes do início de processos administrativos contra ele envolvendo a Lava Jato.

Deltan durante entrevista na Folha / Foto: Gabriel Cabral - Folhapress
Deltan durante entrevista na Folha / Foto: Gabriel Cabral - Folhapress

Em março, o ex-procurador disse que não considera que esteja inelegível para as eleições seguintes a partir daquela decisão —entendimento que foi criticado por especialistas em direito eleitoral. Ele afirmou ainda que, caso realmente se candidatasse, “alguém pode impugnar o registro, e isso vai ser discutido”.

No vídeo nesta sexta, Deltan diz que contribuirá “de forma mais ampla para renovação política, ajudando a formar e eleger bons candidatos Brasil afora”. Ele atua como “embaixador” do partido Novo em viagens pelo país para a formação de líderes visando as eleições deste ano e a do Congresso em 2026.

Segundo sua assessoria, ele iniciou um projeto-piloto chamado Força Tarefa para treinamento e mentoria recíproca de candidatos do Novo e viajou para cidades do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Rondônia, Mato Grosso, Amazonas, Pernambuco e Ceará nos últimos meses.

Deltan se colocava como pré-candidato e teve o nome testado pelo partido em pesquisas de intenção de voto para o cargo no pleito de outubro.

Ele afirma que aprendeu nos últimos anos que “uma andorinha não faz verão sem bando” e que são necessários “mais políticos que realmente nos representem e que empunhem a espada da justiça” para se dedicar a pensar “as melhores políticas e soluções” para os problemas do país. E aponta essa como a solução para o país “conseguir superar a corrupção, o desgoverno, a impunidade e os abusos”.

O ex-procurador ficou conhecido com a Operação Lava Jato, quando chefiou a força-tarefa no Ministério Público Federal em Curitiba. A operação, que completou dez anos em março passado, entrou em declínio a partir de 2018 em meio a contestações sobre os métodos adotados, como a manutenção de prisões antes de julgamentos e o uso em massa de delações premiadas. Em 2019, no episódio que ficou conhecido como Vaza Jato, diálogos expuseram a proximidade entre o então juiz Sergio Moro e os procuradores da Lava Jato.

Deltan saiu da Procuradoria e concorreu como deputado federal pelo Podemos, sendo o candidato mais votado para o cargo no Paraná em 2022.

Com informações da Folha de São Paulo

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Carlos Eduardo é ‘ingrato’ e ‘implorou’ por apoio de Paulinho, dizem vereadores
Parlamentares destacam que ex-prefeito, que busca seu quinto mandato, não recusará compor “acordão” em eventual segundo turno
29/05/2024 às 07:53
Em derrota do governo, Congresso derruba veto de Lula e acaba com saidinhas para visitas a familiares
Com a derrubada do veto, legislação volta à redação original aprovada pelo Congresso, que acaba com a saída temporária de presos do regime semiaberto
28/05/2024 às 20:14
Congresso mantém veto de Bolsonaro que impede punição por disseminação de fake news
Trecho vetado previa tipificação de crime de atos de disseminação de notícias falsas, com pena de até cinco anos de reclusão
28/05/2024 às 17:49
Presidente da ALRN vai apresentar ações de abastecimento para comunidades de Touros
Ezequiel Ferreira intermediou uma audiência institucional entre o presidente da Caern e o prefeito Pedro Filho
28/05/2024 às 11:33
Governo encaminha LDO 2025 à Assembleia Legislativa com destaque para a participação popular
A mensagem enfatiza o RN Participativo como mecanismo de gestão democrática, construído a partir da escuta ativa da sociedade
28/05/2024 às 09:48
Ministro cobra prefeitos e diz que governo precisa de mais dados para reconstruir RS
O discurso foi proferido no plenário do Senado, em sessão de debates temáticos sobre a tragédia das enchentes no estado gaúcho
28/05/2024 às 07:47
Carlos Eduardo ataca PT e critica “acordão” de adversários em disputa pela Prefeitura
Em evento com apoiadores, ex-prefeito detonou projetos de Natália Bonavides e Paulinho Freire para a Prefeitura do Natal
28/05/2024 às 07:31
Irmão de Dino assume órgão do MPF e diz que escola cívico-militar precisa ser “rigorosamente esquadrinhada”
Nicolao Dino afirma que educação para democracia implica “formação de pessoas livres" e que vai atuar para garantir funcionamento de comissão sobre mortos na ditadura
27/05/2024 às 20:05
Moraes autoriza PF a ouvir delegado investigado por morte de Marielle
Polícia Federal terá prazo de cinco dias para realizar oitiva
27/05/2024 às 18:43
Assembleia Legislativa do RN concede título de cidadão norte-rio-grandense a juízas e advogado
Maior honraria do legislativo potiguar foi entregue às juízas do Trabalho Simone Medeiros Jalil e Rachel Vilar de Oliveira Villarim, além do advogado André Rogério Gomes de Arruda
27/05/2024 às 15:01
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.