BUSCAR
BUSCAR
“Decisão sobre hub será entre capitais, não entre estados”, afirma ministro do Turismo

15/05/2015 | 13:14

O ministro do Turismo, Henrique Alves, afasta dos governos estaduais as responsabilidades ou méritos na disputa pelo hub da TAM, ao qual concorrem Natal, Fortaleza e Recife. Em entrevista ao Visor Político no final da manhã desta sexta-feira (15), Alves também destacou que as prefeituras da capital potiguar e de São Gonçalo do Amarante devem lutar unidas para atrair o investimento privado.

“Sei que os prefeitos Carlos Eduardo (Natal) e Jaime Calado (São Gonçalo do Amarante) irão à presidência da TAM na próxima semana. Até porque a decisão não será entre os estados Pernambuco, Rio Grande do Norte ou Ceará e sim entre as capitais Recife, Natal (junto com São Gonçalo) e Fortaleza. Essas cidades terão que se mobilizar e mostrar seus argumentos numa análise que será técnica e de profundo convencimento”, afirmou.

Henrique participou de reunião com a TAM ontem (14). Entretanto, questionado pela reportagem se, de alguma forma, defendeu a escolha pelo aeroporto que leva o nome do seu pai, o ministro disse apenas que se tratava do início de uma série de visitas aos segmentos da cadeia propulsora do Turismo e que parabenizou a empresa pelo investimento no desenvolvimento regional. “Comecei pelas companhias aéreas, depois serão as agências de viagens, operadoras e hotelaria. Vamos discutir entraves ao crescimento necessário do Turismo nacional. Comecei pela TAM até para parabenizar pela visão correta do desenvolvimento regional. O hub no Nordeste será um marco nessa direção”, argumentou.

O ministro destacou que a Grande Natal tem condições de vencer a disputa, se os municípios “agirem com profissionalismo e competência”. “Natal é um grande destino turístico nacional e tem localização privilegiada. São Gonçalo do Amarante tem o aeroporto, agora reconhecido por todos como o mais moderno e promissor do Nordeste, por estrutura e área. Enfim, deve ser disputa sem espertezas nem oba oba. Responsável e qualificada”, colocou.

Embora afirme que a disputa é entre cidades e não entre estados, o ministro declara que a possível vinda do hub para Natal é fundamental para melhorar a situação do Rio Grande do Norte. “É decisão de uma empresa privada e fundamental para o futuro melhor do RN. Para nosso Estado sair dessa fragilidade econômica e social em que se encontra”, concluiu.

Vale lembrar
Henrique (PMDB) foi candidato ao Executivo estadual, no pleito de 2014, e perdeu as eleições para o atual governador, Robinson Faria (PSD). Em contrapartida apoia politicamente o prefeito de SGA, Jaime Calado (PR), e tem se aproximado da gestão do primo Carlos Eduardo (PDT) em Natal, tendo inclusive indicado o nome do atual secretário de Turismo do município.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.