BUSCAR
BUSCAR
Ponto final
“De minha parte já está tudo resolvido”, garante repórter evitado por arcebispo de Natal
Ricardo destacou que o caso ganhou grande repercussão e, por isso, deseja evidenciar que não há nenhuma pendência ou entrave entre ele e a Igreja
Redação
03/02/2021 | 15:09

O repórter Ricardo Sérgio emitiu uma nota nesta quarta-feira 3 na qual garantiu que da parte dele “já está tudo resolvido” em relação ao arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha. A declaração é dada dias após o sacerdote ter negado conceder entrevistar ao jovem durante o encerramento da festa da padroeira na segunda-feira 1º.

Ricardo destacou, ainda, que o caso ganhou grande repercussão e, por isso, deseja evidenciar que não há nenhuma pendência ou entrave entre ele e a Igreja, a qual continua participando e propagando, inclusive pelas redes sociais, como o Instagram.

“Vejo que o ocorrido tomou grandes proporções, e de forma alguma eram essas minhas intenções. Gostaria que de forma respeitosa lembrasse que por traz de um bispo e de um jovem no servir da sua paróquia, existem famílias e seres humanos que merecem respeito”, revelou o jovem, que integra a Pastoral da Comunicação (Pascom) da Paróquia de Espírito Santo, distante 75 km de Natal.

Confira a nota completa publicada no perfil oficial de Ricardo no Instagram, que ganhou cerca de 20 mil seguidores em menos de 24h.

O caso

A polêmica, repercutida pelo Agora RN nesta terça-feira 2, aconteceu logo após o encerramento de uma novena para celebrar a Festa de Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Espírito Santo, nesta segunda-feira 1º. Dom Jaime foi chamado pela paróquia local para presidir a última novena, já que a festa termina nesta terça.

Assim que terminou a celebração, o comunicador Ricardo Sérgio convidou Dom Jaime para dar uma entrevista e, em tom efusivo, perguntou sobre a sensação do arcebispo de estar no local. Foi neste momento que o líder da Igreja Católica no Rio Grande do Norte reagiu.

“Eu não ‘tô’ gostando dessa entrevista não. ‘Tô’ achando que estão me usando para me ridicularizar, não sei”, disse Dom Jaime.

O repórter, então, pergunta como o arcebispo gostaria de gravar o depoimento, ao que Dom Jaime responde: “Deixe está. Tudo bem. Deus abençoe. Tá bom, obrigado”.

Ricardo Sérgio desiste, então, de fazer a entrevista e dispensa o arcebispo, mas antes pede para retirar o microfone. Neste momento, outro integrante da equipe que estava transmitindo a celebração convence Dom Jaime a permanecer e gravar a fala. O arcebispo só concorda em falar se for sozinho. “A gente vive num mundo complexo”, justificou o sacerdote.

Arcebispo se pronuncia sobre incidente em entrevista ao vivo

“Ao caríssimo Padre Alexandre Rossino, à valorosa equipe da Pastoral da Comunicação e a todos os amados fiéis devotos da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, em Espírito Santo (RN).
Em virtude de polêmica suscitada em redes sociais, venho através desta, como já fiz pessoalmente por telefone, pedir desculpas se posso ter causado algum inconveniente aos irmãos dessa amada paróquia no âmbito das relações interpessoais, na noite desta segunda-feira, 01 de fevereiro, após a última novena da Festa de Nossa Senhora da Piedade.
Quem me conhece sabe que não é do meu caráter e se afasta dos ensinamentos cristãos, que há 46 anos tenho por missão difundir e levar a quantos queiram ouvir, causar qualquer tipo de constrangimento ou desqualificar quem quer que seja.
Ao agente Ricardo Sérgio e demais membros daquela equipe da Pascom, meu reconhecimento pelo importante trabalho que desempenham, bem como todas as equipes da Pastoral da Comunicação em nossas paróquias, especialmente, durante este período da pandemia, proporcionando que os fiéis possam participar das missas e demais celebrações, mesmo de forma virtual. Que Deus os recompense pelo zelo missionário e evangelizador, por meio da comunicação.
Deus os favoreça.
Natal-RN, 02 de fevereiro de 2021, Dia da Festa da Apresentação do Senhor e da Festa de Nossa Senhora da Piedade.

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo de Natal”

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.