BUSCAR
BUSCAR
Senado
CPI da Covid-19 vai transformar ex-ministros em investigados
Condição de investigado muda a forma de abordagem e a responsabilidade dessas autoridades
CNN
11/06/2021 | 13:54

A cúpula da CPI da Pandemia decidiu transformar em investigados os ex-ministros da Saúde Eduardo Pazuello e das Relações Exteriores Ernesto Araújo, o ex-Secretario de Comunicação Fabio Wanjgarten e o ex-secretario-executivo do ministério da Saúde, Elcio Franco. Eles depuseram como testemunhas à comissão.

A decisão foi tomada ontem em reunião do G7, os senadores de oposição e independentes que comandam a CPI.

A avaliação foi a de que a condição de investigado muda a forma de abordagem e a responsabilidade dessas autoridades. Além de mudar a forma de abordagem, a mudança facilita a justificativa para a quebra de sigilos. Haveria também mais uma vantagem: se for feito o indiciamento no relatório final o Ministério Público já poderia propor uma ação penal caso entenda pela existência de algum crime. Por outro lado, há também alguma vantagem para o investigado. Ele não precisa prestar depoimento e nem mesmo comparecer mais a CPI, pois tem direito a não se auto incriminar. Ficou decidido que o grupo apresentará um requerimento para aprovar essa mudança. Isso deve ocorrer na próxima semana.

O grupo avalia ainda incluir a secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, e a médica Nise Yamaguchi no grupo.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.