BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Coronavírus: Angela Merkel sugere ‘lockdown’ na Alemanha até abril
Alemanha tem relatado uma alta incidência diária do vírus, embora os números ainda permaneçam distorcidos devido à subnotificação das festas de final de ano. Desde o Natal, a taxa de mortalidade em 24 horas é de cerca de mil casos
Estadão
12/01/2021 | 11:26

A chanceler alemã, Angela Merkel, sugeriu que o “lockdown” na Alemanha deve durar mais oito a dez semanas, diante da preocupação das autoridades de saúde com a propagação da nova variante do coronavírus encontrada no Reino Unido. Segundo Merkel, os casos no país podem aumentar dez vezes até o feriado da Páscoa, se o governo não tiver sucesso em diminuir sua disseminação. O atual bloqueio nacional, que envolve a suspensão das aulas presenciais e serviços não essenciais, estava previsto até 31 de janeiro. A chanceler e outros líderes políticos sugerem que a data seja estendida.

A Alemanha tem relatado uma alta incidência diária do vírus, embora os números ainda permaneçam distorcidos devido à subnotificação das festas de final de ano. Desde o Natal, a taxa de mortalidade em 24 horas é de cerca de mil casos. O país iniciou seu programa de vacinação em 27 de dezembro. Nesta segunda-feira, 11, pouco mais de 630 mil pessoas haviam sido vacinadas com o imunizante da BioNTech/Pfizer. Os primeiros lotes da vacina da Moderna chegaram nesta terça-feira, 12, em solo alemão.

O país soma 1.946.539 de casos de covid-19 e 41.892 óbitos, segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins.

Elogie seu parceiro

Uma das estratégias mais poderosas para salvar ou melhorar seu relacionamento é não fazer pouco caso de seu parceiro. Embora a maioria das pessoas saiba intuitivamente que isso é importante, muitas vezes é difícil ser grato por tudo o que o seu parceiro é e faz, especialmente em tempos difíceis.

Depois de 25 anos administrando seu próprio negócio com sucesso, Tracy Chamberlain Higginbotham, 56 anos, profissional de relações públicas na cidade de Nova York, perdeu 50% de seu trabalho e receita durante a pandemia, ao mesmo tempo em que seu marido ficava cada vez mais ocupado. Chamberlain Higginbotham estava acostumada a dividir as responsabilidades domésticas de maneira equitativa com o marido e achava difícil renegociar seus papéis em casa. “Mas assumi a casa, fazendo os trabalhos cotidianos e outras tarefas. O que ajuda muito é que ele está muito grato, me elogiando e me agradecendo o tempo todo”.

Ser grato pode ter um efeito cascata positivo: pesquisas mostram que ser grato por seu parceiro o deixa, por sua vez, mais grato a você, mais receptivo às suas necessidades e mais comprometido com o relacionamento.

A apreciação de seu marido teve esse efeito no caso de Chamberlain Higginbotham. “Comecei a perguntar ao meu marido se ele precisa de mim quando está enfrentando um dia agitado”, disse ela. “Eu me sinto bem por poder contribuir e, ao assumir novas tarefas, descobri que gosto mesmo de fazer jardinagem”.

Para melhorar sua percepção e suas lembranças das ações positivas de seu parceiro, Bell recomenda “observar e escrever algo bom sobre seu parceiro todas as noites. Você ficaria surpreso com a maneira como as coisas podem ser vistas e apreciadas”. Seu parceiro também vai dizer a você que a vida é diferente (e, esperamos, melhor!) ao seu lado. / Tradução de Renato Prelorentzou


Kecmanovic é diretora e fundadora do Instituto de Terapia Comportamental de Arlington / DC e professora adjunta de psicologia na Universidade de Georgetown.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.