BUSCAR
BUSCAR

Confira a coluna “Nos Bastidores da Notícia” de terça-feira 26

26/01/2021 | 07:25

Prazo final para Aliança sair do papel é março

O presidente Jair Bolsonaro disse novamente que decidirá até março se continua investindo na criação do Aliança pelo Brasil ou se optará pela filiação a um partido já existente. “Em março, a gente vai reestudar se o partido decola ou não. Se não decolar, a gente vai ter que ter outro partido. Então não temos como nos preparar para as eleições de 22”, disse a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada ontem. Bolsonaro, atualmente sem partido, já havia estipulado esse prazo para decidir sobre sua filiação. Disse agora que não está em campanha para as próximas eleições presidenciais, mas que “o pessoal quer disputar” filiado a um partido que tenha a sua “simpatia”. “É muita burocracia, é muito trabalho, certificação de fichas, depois passa pelo TSE [Tribunal Superior Eleitoral] também. O tempo está meio exíguo para gente. Não vamos deixar de continuar trabalhando, mas vou ter que decidir. Não é por mim, não estou fazendo campanha para 22”, disse.

Bolsonaro sobre aliança pelo brasil: “se não decolar, buscamos outro partido”

Sob o controle de Carluxo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse em tom de provocação ontem que o deputado Arthur Lira (PP-AL) “deve ter transferido a senha das redes sociais dele para o Carlos Bolsonaro e o gabinete do ódio”. Horas antes, Lira afirmou que adotaria tom mais propositivo ao longo da semana. Nos últimos dias, o deputado do PP disse, por exemplo, que Baleia Rossi (MDB-SP), seu adversário na disputa da Câmara, tem como chefe Rodrigo Maia.

IMPEACHMENT NA MIRA
Por falar em Baleia Rossi, o deputado reafirmou nesta segunda-feira, em reunião com a bancada paulista do PT e outros dirigentes da sigla, o compromisso de analisar pelo menos um dos 61 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que aguardam uma decisão do presidente da Câmara. A promessa frustrou parte dos presentes, que esperavam um compromisso público com a abertura, e não análise, do processo de impeachment contra o presidente.

REFORMAS
Se eleito presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) disse que pretende entregar as reformas tributária e administrativa aprovadas no primeiro semestre de 2021. Ele não respondeu, porém, se manterá Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) na relatoria da tributária. Aguinaldo Ribeiro é próximo do líder do MDB, Baleia Rossi, adversário de Lira na disputa pelo comando da Câmara. Baleia, por sua vez, é o autor da PEC 45, reforma tributária que está nas discussões da comissão mista.

PAZUELLO INVESTIGADO
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), instaurou nesta segunda-feira um inquérito para investigar a conduta do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em relação à crise na saúde pública de Manaus, que registrou falta de oxigênio medicinal em hospitais há duas semanas. A apuração foi aberta a partir de um pedido feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, no último sábado. Aras foi motivado por representações de partidos políticos, que relataram omissão de Pazuello e de sua equipe.

VOLTA EM V I
O ministro Paulo Guedes (Economia) reafirmou ontem que a economia está crescendo em formato V, com retomada tão rápida quanto a queda, mas à espera de reformas para atrair investimentos. Guedes defende que o crescimento econômico nos próximos anos seja impulsionado pelo setor privado.

VOLTA EM V II
Segundo Guedes, uma série de medidas que foram aprovadas pelo Senado estão paradas na Câmara. E vice-versa. Na avaliação do ministro, depois das eleições para as duas Casas do Congresso, em 1º de fevereiro, será possível “limpar a pauta” de votações e aprovar textos de interesse do governo.

OPINIÕES DIVIDIDAS
Levantamento do Paraná Pesquisas mostra que, para 61,9% dos brasileiros, o retorno das aulas presenciais no atual estágio da pandemia não oferece condições adequadas de segurança para os estudantes. Outros 34% dizem acreditar que já é possível reabrir as escolas aos alunos sem quaisquer riscos. Foram 4,2% os que não opinaram.

Supremo decide que FGTS deve garantir correção pelo IPCA
Proposta não será aplicada a valores retroativos
12/06/2024 às 18:41
Ministro do Turismo sai em defesa de Juscelino Filho, indiciado por corrupção
Celso Sabino comparou o caso do ministro das Comunicações com o de outras pessoas, sem citar nome ou partido
12/06/2024 às 18:31
Margem equatorial: “perdemos 10 anos”, lamenta presidente da Petrobras
Estatal prepara apresentação para convencer área ambiental do governo
12/06/2024 às 18:18
Polícia prende homem por furtar mais de R$ 500 mil em mercadorias de supermercado em Natal
Suspeitos colocavam as mercadorias nos carrinhos de compras, passavam pelo caixa e não pagavam; crimes eram realizados com o apoio de um funcionário
12/06/2024 às 17:59
Veja como aproveitar o “Mossoró Cidade Junina” nesta quarta-feira
Programação cultural tem sequência nos polos Antônio Francisco, Circo do Forró e na Cidadela
12/06/2024 às 17:02
Embalagem de bolo usada em bebê salvou sua vida, diz médica
Bebê estava em um estado crítico, e caso não improvisasse o capacete de oxigênio ele poderia ir a óbito
12/06/2024 às 16:48
Dólar bate R$ 5,43 após Lula criticar mercado e desgaste gerado por MP
Dólar tem maior cotação desde dezembro de 2022
12/06/2024 às 16:37
Prefeitura de Natal negocia débitos com classe artística
Ficou acertado um cronograma de pagamentos que começou este mês e segue até julho
12/06/2024 às 16:24
CCJ aprova incluir na Constituição criminalização do porte de drogas
PEC foi aprovada na Câmara por 47 votos favoráveis e 17 contrários
12/06/2024 às 16:14
Polícia Civil prende mulher condenada por tentativa de homicídio no RJ; prisão aconteceu em Campo Redondo
Prisão ocorreu em decorrência de uma sentença expedida pelo TJRJ
12/06/2024 às 15:55
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.