BUSCAR
BUSCAR
Ambiente
Com a incidência de chuvas, Defesa Civil de Natal intensifica monitoramento em áreas de riscos
O Grupo de Ação e Emergência (GAE) trabalha em regime de plantão 24 horas e está de prontidão para atender qualquer tipo de ocorrência que chegue por meio do Disque 190
Redação
23/02/2022 | 12:50

Em virtude da intensificação das chuvas que atingiram Natal nas últimas semanas, a Defesa Civil do Município, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) reforçou o trabalho de monitoramento das regiões de risco de desabamento com o objetivo de prevenir desastres e proteger a população que mora no entorno dessas áreas.

O Grupo de Ação e Emergência (GAE) trabalha em regime de plantão 24 horas e está de prontidão para atender qualquer tipo de ocorrência que chegue por meio do Disque 190. O GAE conta com cerca de 30 agentes que se revezam em seis equipes com cinco profissionais cada.

A coordenadora da Defesa Civil de Natal, Fernanda Jucá, informa que nenhum grande dano foi identificado na cidade durante as últimas chuvas: “Tivemos alguns pontos de alagamento, mas sem nenhum dano estrutural mais robusto”, detalhou. Esse trabalho de monitoramento mais intenso vai prosseguir até julho, período em que as chuvas perdem força: “De janeiro até julho não tem ninguém de férias no nosso departamento. Estamos todos de prontidão para qualquer eventualidade”, disse Fernanda.

Ela explica que as ocorrências mais comuns são oriundas dos bairros de Mãe Luíza e Comunidade do Jacó, na Zona Leste, bem como nos bairros de Nossa Senhora da Apresentação e loteamento Jardim Progresso, na Zona Norte: “Pelo tipo de geografia e pela forma como foi ocupada, Mãe Luíza é a área que sempre inspira maiores cuidados e é onde sempre concentramos maiores esforços quando uma chuva maior ocorre. Também temos problemas ligados às nossas lagoas de captação. Algumas áreas no entorno desses equipamentos ficam prejudicadas, mas sempre estamos de prontidão para oferecer a resposta necessária caso necessite”, disse.

O trabalho de prevenção para evitar o transbordamento nas 56 lagoas de captação de Natal é sempre realizado pela equipe da Defesa Civil meses antes do período chuvoso. Esse serviço acontece de forma integrada com equipes das secretarias municipais de Obras Públicas (Semov), Serviços Urbanos (Semsur), Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e Urbana.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.