BUSCAR
BUSCAR
Crise sanitária
China vê taxa diária mais alta de pacientes com Covid-19 de surto atual
Autoridades atribuíram os focos mais recentes sobretudo à variante Delta altamente transmissível
CNN
06/08/2021 | 16:22

A China relatou nesta sexta-feira 6 sua cifra diária mais alta de novos pacientes com Covid-19 de um surto que começou no final de julho, atiçado por uma disparada de infecções transmitidas localmente.

Autoridades atribuíram os focos mais recentes sobretudo à variante Delta altamente transmissível, embora ela não esteja levando a uma infecção generalizada em algumas cidades, enquanto os casos de algumas áreas mostram sinais iniciais de que podem recuar.

A China relatou 124 casos novos confirmados na quinta-feira 5, disse a Comissão Nacional de Saúde (NHC), mais do que os 85 do dia anterior. Das novas infecções confirmadas, 80 foram transmitidas localmente, mais do que as 62 do dia anterior, acrescentou.

Casos confirmados são pacientes que exibem sintomas, como tosse ou febre, ou sinais de infecção quando examinados. O país só inclui casos assintomáticos em sua contagem quando sinais da doença aparecem.

Os casos locais foram provocados por uma disparada de infecções em Jiangsu, uma província do leste que relatou 61 casos novos locais na quinta-feira, mais do que os 40 do dia anterior.

As infecções mais recentes surgiram principalmente na cidade provincial de Yangzhou, nos trechos mais baixos do Rio Yangtzé, próximo do polo comercial de Xangai.

Desde 20 de julho, quando os primeiros casos do surto atual foram detectados na cidade de Jiangsu, em Nanjing, o vírus já se propagou em cerca de 40 cidades, incluindo a capital chinesa Pequim.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.