BUSCAR
BUSCAR
Saúde
OMS se preocupa com aumento de doenças respiratórias na China
Entidade pediu que população tomasse medidas de proteção contra doenças respiratórias
Redação
23/11/2023 | 11:38

A Organização Mundial da Saúde (OMS) solicitou informações adicionais sobre os surtos de pneumonia não diagnosticada em crianças na região norte da China, onde houve um aumento de doenças respiratórias. Além disso, pediu que a população adote medidas de proteção, conforme comunicado emitido nesta quarta 22, no X (antigo twitter).

“A OMS encaminhou um pedido oficial à China para obter informações detalhadas sobre o aumento de doenças respiratórias e de surtos de pneumonia em crianças”, diz o comunicado da organização internacional, que recomenda “medidas para reduzir o risco de doença respiratória”.

As autoridades chinesas atribuem o aumento de doenças respiratórias à suspensão das restrições anticovid e à circulação de agentes patógenos conhecidos.

A OMS propôs à China medidas similares às aplicadas durante a pandemia de covid-19, como vacinação, distanciamento social, isolamento em caso de sintomas, testes, uso de máscara, ventilação adequada e lavagem das mãos.

Outro pedido foi que o país repassasse”informações complementares sobre as tendências recentes de circulação de agentes patógenos conhecidos, especialmente a gripe, o SARS-CoV-2 [o vírus da covid-19], o VRS que afeta bebês e da [bactéria] mycoplasma pneumoniae, assim como o grau de ocupação do sistema de saúde”, diz a nota.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.