BUSCAR
BUSCAR
Cautela
Chile adia eleições por cinco semanas após aumento nos casos de Covid-19
O presidente do país, Sebastian Piñera, adiou a eleição dos membros da Assembleia Constituinte de 10 a 11 de abril para 15 a 16 de maio
CNN Brasil
07/04/2021 | 17:12

O Chile adiou como local, regional e para a Assembleia Constitucional por cinco semanas devido ao recente aumento de casos da Covid-19, anunciou o presidente do país, Sebastian Piñera, nesta terça-feira (6).

Uma lei promulgada nesta terça por Piñera adiou a eleição dos membros da Assembleia Constituinte responsáveis ​​pela redação da nova Constituição do país de 10 a 11 de abril a 15 a 16 de maio.

“Dada a dura reemergência e o aparecimento de novas variantes [Covid-19] em todo o mundo, e tomando a opinião unânime da comunidade médica e da maioria do público, não parecia prudente ou conveniente realizar vantagens no próximo fim de semana”, disse Pinera durante uma coletiva de imprensa.

As alterações para governadores e prefeitos também foram adiadas de acordo com a mesma lei.

Até esta terça, o Chile relatou um total de 1.037.780 casos de Covid-19 e 23.734 mortes relacionadas. A taxa de ocupação da UTI no país é atualmente de 96%.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.