BUSCAR
BUSCAR
Turismo
“Cerca de 95% dos viajantes do exterior não fecharam viagens para o Brasil em 2020”, diz Abav-RN
De acordo com a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do RN, brasileiros também não estão fechando voos internacionais por restrições de alguns países
Redação
28/01/2021 | 07:52

Após a proibição e restrições para entrada de estrangeiros no Brasil, publicada nesta terça-feira 26 no Diário Oficial da União, quem deve sentir no bolso as implicações da medida são as agências de viagens internacionais, é o que explica é a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do RN (Abav-RN), Michelle Pereira. Segundo ela, em relação ao verão passado, o setor já apresenta queda de 95% nas viagens internacionais de estrangeiros que fecham pacotes com agências brasileiras.

“Houve queda de aproximadamente 95% dos viajantes do exterior que fecham viagens conosco vindo para o Brasil por causa do fechamento das fronteiras e o medo das pessoas de contrair a Covid-19, se comparado com 2020. Assim como, os brasileiros acabam não fechando com as agências por restrições de alguns países, que exigem a quarentena após desembarque”, contou. Com o cenário de restrições nacional e internacional de entrada de estrangeiros no Brasil e saída dos brasileiros, as opções para quem quer viajar são os destinos nacionais.

“Os potiguares, por exemplo, procuram bastante locais regionais como Galinhos, São Miguel do Gostoso e a nível nacional os destinos mais procurados pelos brasileiros são os estados do nordeste, Paraíba, RN, Alagoas, Pernambuco e Ceará”, relatou.

Conforme portaria publicada no Diário Oficial da União, o Governo Federal proibiu a entrada de voos da África do Sul no Brasil e impôs restrições a estrangeiros de todas as nacionalidades por meio de transportes ferroviários e aquaviários. O motivo é a preocupação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com as novas variantes do coronavírus detectadas no Reino Unido e na África do Sul, que já estão em circulação no Brasil. O setor das agências de viagens ainda prevê que pode haver um crescimento das viagens internacionais apenas no segundo semestre deste ano.

Turismo tem prejuízo de R$ 51,5 bi na pandemia

O setor do turismo no Brasil perdeu R$ 51,5 bilhões em faturamento durante a pandemia entre março e novembro de 2020, segundo levantamento realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.