BUSCAR
BUSCAR
Hepatite
Cerca de 2 mil reclusos de Alcaçuz serão testados para Hepatites
Ação faz parte de projeto de pesquisa de estudantes de Medicina que visa microeliminação da doença no Complexo Prisional
Redação
15/07/2021 | 18:25

Até o final de agosto, aproximadamente 2 mil reclusos do Complexo Prisional de Alcaçuz, localizado no município de Nísia Floresta (RN), deverão ser testados para as Hepatites C e B e coinfecções. A ação é realizada por estudantes de Medicina da UnP, por meio do projeto da Liga Acadêmica de Infectologia do RN.

O trabalho foi iniciado em 14 de julho quando foram feitas palestras educativas para multiplicadores internos sobre fatores de risco e prevenção das hepatites virais, aplicados testes rápidos diagnósticos para HepB e HepC e tiradas dúvidas do público presente.

O ponto de partida foi justamente o Julho Amarelo, campanha instituída no Brasil pela Lei nº 13.802/2019 e tem por finalidade reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais.

O Prof. Igor Thiago Queiroz, médico infectologista e docente da UnP, coordena a pesquisa e explica que a proposta é a microeliminação da doença, além de oferecer tratamento oportuno para aqueles que apresentarem resultados positivos após os testes.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.