BUSCAR
BUSCAR
Crise
Censo 2021 pode ser cancelado; Governo quer mais dinheiro para o Ministério da Defesa
Levantamento sobre a população deveria ter sido feito em 2020, e já havia sido adiado para 2021 por causa da pandemia. Custo da pesquisa é de R$ 2 bilhões
Redação/Estadão
18/08/2020 | 19:50

O Censo 2021 pode ser cancelado. É que o governo Jair Bolsonaro cogita deixar para 2022 o Censo Demográfico 2020, programado para o ano que vem. É o que diz matéria publicada nesta terça-feira (18) pelo Estadão.

Segundo a publicação, “essa possibilidade foi incluída nas discussões da proposta de Orçamento de 2021, que será encaminhada ao Congresso no fim deste mês”.

Ainda de acordo com a reportagem, os recursos para a realização do Censo, uma das principais pesquisas estatísticas do País, seriam remanejados para outras áreas no Orçamento. “A ideia é que a verba que seria destinada ao Censo – R$ 2 bilhões – reforce o Orçamento do Ministério da Defesa e outros ministérios”.

Nas discussões sobre a proposta de orçamento, o governo tem privilegiado a ala militar. O Estadão ainda apurou que o presidente Jair Bolsonaro ordenou em duas ocasiões (segunda-feira, 17, e terça-feira, 18) um acréscimo total de R$ 2,27 bilhões ao limite sugerido de gastos à Defesa.

Lei AQUI a íntegra da reportagem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.