BUSCAR
BUSCAR
Operação
Caso Lázaro: polícia já recebeu mais de 5 mil denúncias, mas 95% não ajudaram na operação
A força-tarefa que faz a caçada a Lázaro envolve mais de 270 policiais, helicópteros e cães farejadores
R7
26/06/2021 | 13:19

A força-tarefa montada para buscas da Lázaro Barbosa, de 32 anos, já entra no 18º dia. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Goiás, o perímetro de atuação do cerco policial continua o mesmo neste sábado, 26, mas há reforços em algumas áreas da região. A movimentação no QG montado no povoado de Girassol, na cidade de Cocalzinho de Goiás, segue tranquila nesta manhã.

Segundo informações repassadas pela Secretária de Segurança, o disque denúncia criado no domingo, 20, para reforçar os trabalhos das equipes que fazem as buscas a Lázaro, recebeu mais de 5 mil contatos. No entanto, 95% não contribuíram para as investigações e buscas do criminoso.

A SSP também também disponibiliza aplicativo Brasil Mais Seguro, que recebe e filtra alertas sobre Lázaro em um raio de 100 km e informa a localização do denunciante. O App teve cerca de 6,8 mil donwloads, mas ainda não recebeu sinais de alerta que pudesse contribuir com a captura do fugitivo.

A força-tarefa que faz a caçada a Lázaro envolve mais de 270 policiais, helicópteros e cães farejadores. As buscas começaram após uma chacina em Ceilândia, em que quatro pessoas da mesma família foram mortas. O procurado é suspeito do crime e, segundo as investigações, ele segue se escondendo na região de mata de Cocalzinho de Goiás.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.