BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Cantora Simone fala sobre desconforto em “festa de rico”: “prefiro festa do pobre”
'É bom demais. É maravilhoso uma festa de pobre! Quando a gente se reúne aqui em casa, o sofá é bom, as coisinhas são boas, mas aqui o espírito é da minha infância', declarou a cantora em vídeo
UOL
18/07/2020 | 16:26

Em seu canal no YouTube, a sertaneja Simone — da dupla com Simaria — explicou seu sentimento de desconforto ao participar do que ela chama de “festa de ricos”, na casa de alguns de seus amigos. Ela, que vem de uma origem humilde, disse no vídeo que as festas que realiza em sua casa se espelham nas comemorações que eram feitas em sua infância: simples, sem glamour, mas muito divertidas.

“Tenho uns amigos que têm a vida boa, primeiro começa pela casa em que eles moram. É um luxo, chiquérrima! Mordomo, 315 funcionários. Quando você vai comer, a mesa é taça não sei do que, faca, garfo, 500 petiscos… A gente começa a se encher de petisco e, na hora em que vai almoçar… Talvez o problema esteja em mim, que não tenho educação para comer aqueles petiscos”, explicou.

Ela prosseguiu: “O guardanapo, tem que abrir e botar em cima das pernas para ficar chique. A postura tem que ser diferente. Para não ser besta, vou dar uma dica: preste atenção no que os ricos estão fazendo para não cair na besteira de fazer errado. Eles inventam demais, e você se perde na hora de comer”, ressaltou.

“Quem quiser me convidar para festa de rico, eu vou, mas acabo fazendo do meu jeito. Não estou nem aí! Quem quiser gostar de mim, que goste”, brincou. Na sequência, disse preferir as festas mais simples. “Festa de pobre ‘é bom’ demais! É a parte que eu mais gosto. Churrasco, farofa, salada de maionese, arroz, vinagrete, pimenta, refrigerante de todos os modelos e variedades, cerveja, alegria, música alta, conversa… O cabelo fica pura fumaça, a roupa fica pura fumaça, e comendo, e comendo, e comendo… e feliz!”, afirmou.

“É bom demais. É maravilhoso uma festa de pobre! Quando a gente se reúne aqui em casa, o sofá é bom, as coisinhas são boas, mas aqui o espírito é da minha infância. Eu como de colher, eu pego um pedaço de frango e como com a mão e não gosto de comer essas coisas chiques demais. E para disfarçar na hora que como uma coisa ruim do rico? Prefiro a festa do pobre. Minhas festas são assim. Sou mais feliz comendo de colher, com a mão e dançando forró”, frisou, aos risos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.