BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2020
Três candidatos à Prefeitura do Natal disputam eleitorado bolsonarista
Pesquisas recentes têm apontado que Bolsonaro tem a gestão aprovada por quatro em cada 10 natalenses. Por isso, se um único candidato bolsonarista, por exemplo, é votado por todos que aprovam a gestão de Bolsonaro, ele superaria o favorito da disputa pela prefeitura, Álvaro Dias (PSDB), que tem 33% das intenções de votos
Pedro Trindade
20/10/2020 | 05:12

Na avenida Senador Salgado Filho, Zona Sul de Natal, três comitês de campanha de candidatos com perfil conservador disputam a preferência do eleitorado bolsonorista na capital. A distância entre os prédios é de apenas 800 metros.

Coronel Azevedo (PSC), Coronel Hélio (PRTB) e Sérgio Leocádio (PSL) apresentam discurso semelhante, sustentado na “defesa da família” e na promoção de valores cristãos – argumentos utilizados pelo presidente Jair Bolsonaro no pleito de 2018 – e atuaram/atuam na área de segurança pública.

Para se diferenciarem, adotam estratégias que reforçam o patriotismo, expresso pela adoção de cores da bandeira nacional, mas cada um com identidade própria.

A propaganda eleitoral obrigatória do Coronel Hélio, por exemplo, conta com a participação de Bolsonaro, do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) e do deputado federal General Girão (PSL).

Ele é o único candidato à Prefeitura do Natal a ter a presença do presidente na propaganda da TV, ainda que Bolsonaro não tenha gravado especificamente para este fim nem tenha declarado apoio formal.

Já Coronel Azevedo tem apostado em adaptações de programas do governo federal, como o auxílio emergencial, que ele pretende implantar como auxílio social permanente em Natal caso seja eleito.

Sérgio Leocádio, por sua vez, escolheu as algemas como marca de sua candidatura após ganhar repercussão com o uso do objeto no debate eleitoral promovido pela Band Natal, no qual reforçou que era delegado e que “não tolera” corrupção.

A disputa entre os três candidatos pelo eleitorado bolsonarista é justificada, em partes, pela aprovação que o presidente tem na capital.

Pesquisas recentes têm apontado que Bolsonaro tem a gestão aprovada por quatro em cada 10 natalenses.

Por isso, se um único candidato bolsonarista, por exemplo, é votado por todos que aprovam a gestão de Bolsonaro, ele superaria o favorito da disputa pela prefeitura, Álvaro Dias (PSDB), que tem 33% das intenções de votos, de acordo com pesquisa Ibope divulgada pela Inter TV Cabugi em 6 de setembro.

Entretanto, é importante esclarecer que a identificação com candidatos locais pode prevalecer sobre o cenário político nacional, como explica o consultor político Gaudêncio Torquato.

Para ele, a polarização PT x Bolsonaro, tão presente na eleição de 2018, pode não se reproduzir em capitais de menor expressão eleitoral, como Natal.

“Algumas cidades seguirão na polarização que existe entre apoiadores e opositores do presidente Jair Bolsonaro. Mas acredito que, ao contrário de grandes metrópoles, pequenas capitais não serão tão afetadas”, explica.
Até o momento, só quem apresentou clara oposição ao presidente foi o candidato do PT, Jean Paul Prates.

Ele, apesar disso, não parece ter herdado os votos – nem parte deles – de quem reprova Bolsonaro, visto que possui 2% da preferência dos eleitores entrevistados pelo Ibope.

Por enquanto, os três candidatos pró-Bolsonaro em Natal somam 6% das intenções de voto, conforme pesquisa Ibope, e não são os mais cotados ao posto de gestor municipal. Mas tudo pode mudar diante dos 30% dos eleitores sem candidatos.

A pesquisa Ibope foi contratada e divulgada pela InterTV Cabugi. Foram entrevistados 602 eleitores entre os dias 4 e 6 de outubro de 2020. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, com índice de confiança de 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-02583/2020.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.