BUSCAR
BUSCAR
Recursos Hídricos
Caicó passa a ter abastecimento de água sem rodízio após 27 anos
Melhoria no abastecimento é resultante do bom inverno que propiciou a recarga hídrica do Açude Coremas, responsável pela perenização do rio Piranhas, além da ampliação dos investimentos no sistema de abastecimento de água na região do Seridó potiguar. Governo do Estado investiu mais de R$ 60 milhões na execução de novas adutoras
Redação
24/11/2020 | 14:12

Caicó vive um momento histórico em relação ao abastecimento. Após quase três décadas recebendo água em sistema de rodízio, nos últimos dois meses, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está realizando o fornecimento de água de forma contínua para todas as áreas da cidade.

Luiza Costa, Dona Bela, 85 anos, moradora da Praça Dr. José Augusto, conhecida como Praça da Alimentação, no Centro de Caicó, já estava acostumada com o rodízio de água. As dificuldades com água fizeram parte da rotina de Dona Bela e sua família nos últimos 30 anos.

“Sabemos que viver em uma região seca é se acostumar com as dificuldades. Eu não consigo olhar para o Itans e ver ele com pouca água. Infelizmente, a falta de chuvas nos trouxe essa tristeza”, relata.

A nova realidade com as chuvas deste ano, os investimentos no sistema via adutora Manoel Torres e o envio de água do sistema Coremas mudaram a realidade em Caicó. O Centro da cidade, onde dona Bela vive, chega água todo dia. “Ter água todo dia é uma riqueza. Para nós caicoenses, é a maior riqueza que existe”, explica.

A gerente da Regional Seridó da Caern, Rosy Gurgel, explica que o fim do rodízio de abastecimento é uma vitória para toda Caicó. “Estamos muito satisfeitos em poder contribuir com a população e dar essa boa notícia para a cidade. Depois de anos de muita dificuldade”, ressalta. Mesmo com a melhoria hídrica a população deve se manter alerta para o uso racional da água.

Esta melhoria no abastecimento é resultante de um bom inverno que propiciou uma boa recarga do Açude Coremas, responsável pela perenização do rio Piranhas. E, também, dos investimentos realizados nos últimos anos no Sistema de Abastecimento de Água no município. Foram investidos mais de R$ 60 milhões na execução de novas adutoras, Estações Elevatórias de Água (EEA), reservatórios e uma nova e moderna Estação de Tratamento de Água (ETA), além de substancial expansão e modernização da rede de abastecimento, cuja obra foi finalizada ainda em 2019.

“A Caern tem realizado um esforço diário para abastecer todo o Rio Grande do Norte e cumprir sua missão de melhorar a qualidade de vida de toda a população. É preciso destacar que o Governo do Estado também tem levado esse trabalho à sério por compreender que água é essencial”, afirma Roberto Linhares, Diretor Presidente da Caern.

O abastecimento de água é realizado através do Sistema Produtor Integrado Manoel Torres com vazão de 700 metros cúbicos por hora (m³/h) abastecendo todas as zonas da cidade simultaneamente.

Alguns pontos mais altos da cidade podem, ocasionalmente, experimentar alguma intermitência na vazão nos horários de maior consumo.

A melhora na captação foi possível após acordo do novo termo de alocação de águas do açude Coremas, que garantiu segurança hídrica na captação da Caern no rio Piranhas.

Além da realização de manutenção preventiva nos equipamentos da Adutora Manoel Torres realizado em agosto.

O sistema Itans, está localizado no município de Caicó, também foi totalmente ampliado e modernizado, com capacidade de produção de até 1000 metros cúbicos por hora. No entanto, ainda segundo a Caern, o manancial não teve grande recarga esse ano e o termo de alocação de água deste manancial autoriza apenas o uso ocasional e emergencial desse sistema.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.