BUSCAR
BUSCAR
Salvos
Cachorros ficam soterrados por 4 horas após chão ceder no litoral
Eles foram resgatado com vida após ação conjunta do Corpo de Bombeiros e dos moradores da região
Metrópoles
01/06/2021 | 11:25

Dois cachorros foram soterrados em Praia Grande, no litoral paulista, no domingo 30. Os animais ficaram presos após o chão ceder, enquanto corriam atrás de um rato. Eles foram resgatados com vida, após horas de trabalho dos bombeiros e dos moradores da região.

A tosadora Bruna Roberta Ferreira Lino da Silva, de 40 anos, contou ao G1 que os animais foram soterrados por volta das 7h da manhã. Os cães são do vizinho dela, e um deles já havia estado em um abrigo para animais abandonados que ela administra.

A tosadora contou que é comum o vizinho passear com os cachorros toda manhã. Segundo ela, os animais viram um rato e correram para perto de um canal, quando o chão cedeu. Ela e outros moradores do bairro saíram para atender o pedido de ajuda do dono dos cães.

Eles chamaram o Corpo de Bombeiros, quando se deram conta de que as pás que tinham para cavar não eram suficientes para resgatar os bichos.

“Foi um trabalho em equipe mesmo. Foram horas de agonia, mas foi um trabalho com muito empenho, mesmo com o passar das horas. Os bombeiros se esforçaram muito, mas a comunidade também permaneceu ali firme, todos trabalhando juntos”, conta.

Depois de muito esforço e dedicação, os animais foram resgatados por volta das 11h da manhã. Pouco tempo depois do resgate caiu uma forte chuva.

“Os animais saíram muito cansados, eles deviam estar escutando as vozes das pessoas, desesperados, mas agora passam bem. Acho que se chovesse um pouco antes, nossas chances teriam sido bem menores, mas a chuva caiu uns 20 minutos depois do resgate. Todos se esforçaram muito para salvar os animais. Tivemos um final feliz, graças a Deus”.

Infiltração

A Prefeitura de Praia Grande informou que foi verificada uma infiltração no local que cedeu e soterrou os cães. O órgão municipal disse que a Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) já vistoriou o canal em busca de novos problemas e todo o arredor do local da queda foi isolado.

A Prefeitura ainda disse que o reparo será realizado assim que se encerre o período de chuvas. Além disso, o órgão explicou que já tem um projeto de remodelação para o canal, que está atualmente em trâmites administrativos e que deve ser iniciado nos próximos meses.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.