BUSCAR
BUSCAR
Entrevista
Cabo Daciolo critica polarização nas eleições e acusa Lula e Bolsonaro de serem “iguais”
Presidenciável veio a Natal para lançar pré-candidatura da ex-vereadora Clorisa Linhares ao Governo do Estado
William Medeiros
24/11/2021 | 08:31

O presidenciável Cabo Daciolo (Brasil 35) cumpriu agenda em Natal e Mossoró no último final de semana, para lançar a pré-candidatura de Clorisa Linhares, sua colega de legenda, ao Governo do Estado. Em entrevista ao Agora RN, ele comentou sobre a falta de segurança no Rio Grande do Norte e fez críticas a polarização entre o ex-presidente Lula e o atual chefe do executivo federal, Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

“Na verdade, nós temos aqui a Clorisa, que está sendo pré-candidata ao governo do Estado com total apoio do Cabo Daciolo. Eu acredito no poder da mulher, na força da mulher brasileira”, disse. O evento aconteceu no sábado (20) e teve a presença do próprio Cabo Daciolo, da presidente nacional do Brasil 35, Suêd Haidar, e de demais apoiadores e lideranças locais.

De acordo com Cabo Daciolo, a falta de segurança no Rio Grande do Norte foi um dos apelos que ouviu ao andar pelas ruas de Natal. “Reclamam muito da segurança aqui. Eu procurei saber como era a questão do turismo, que é muito forte em Natal e no Rio Grande do Norte. Aí, eu observei que na área da segurança, aqui só tem duas viaturas para fazer a segurança do turismo”, disse o presidenciável. “No passado, em 2010, eram nove viaturas. Por que diminuiu o número de viaturas? Vamos resolver esse problema”, complementou.

Daciolo também comentou sobre a atuação do presidente Jair Messias Bolsonaro. “Antes de entrar, ele sempre foi contra a reforma da Previdência, sempre foi contra a privatização da Petrobras, sempre foi contra a privatização da Eletrobrás, da Casa da Moeda. Depois que entrou, está entregando tudo”, disse. Para ele, as pessoas já estão vendo que Bolsonaro não é muito diferente de Lula. “Eles são iguais. Eles não atuam como libertação da nossa nação. Enquanto está tendo essa polarização de esquerda e direita – dentro dos lares, das casas, das famílias – eles estão entregando nossa nação toda”, criticou.

Sobre a economia, Daciolo teceu críticas à atuação do ministro Paulo Guedes, às privatizações e o modelo de tributação do país. “O governo Paulo Guedes, que está entregando a nação toda, está privatizando a nossa galinha de ouro, que é a Petrobras, que é a mola propulsora do país, que é a Eletrobrás, que o crescimento e industrialização do país precisa de eletricidade. Em contrapartida, eles ficam construindo algumas empresas estatais para emitir um papel financeiro, os bancos compram esses papéis, como o BTG pactual – um dos bancos que Paulo Guedes é fundador – pegando um lucro de R$ 880 milhões e tem como garantia a arrecadação tributária do povo brasileiro”, comentou. Daciolo afirmou que é necessário fazer uma auditoria da dívida pública e, neste sentido, tanto Bolsonaro, quanto Lula, não estariam interessados em executá-la.

O presidenciável também comentou sobre outras pautas, como o pioneirismo feminino na política potiguar, meio ambiente, sociedade e sua trajetória como político. A entrevista na íntegra pode ser acompanhada no canal do youtube do Agora RN.

PSDB de Parnamirim se fortalece para as eleições municipais em outubro
Presidente da Câmara destaca unidade e estratégias para chapa de pré-candidatos
13/04/2024 às 17:13
‘Só por teimosia, Padilha vai ficar muito tempo’, diz Lula em reação a ataques de Arthur Lira
Presidente da República comparou trabalho do ministro das Relações Institucionais ao de um casamento
13/04/2024 às 08:00
Pesquisa Exatus “sinaliza mudança”, diz Nilda; Salatiel enfatiza “competitividade”
Ex-vereadora tem quase 30% na pesquisa e viu comunicador se aproximar após receber apoio do prefeito Rosano Taveira
13/04/2024 às 07:54
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.