BUSCAR
BUSCAR
Esportes
Brasileiros batem três recordes sul-americanos no Mundial
Revezamento 4x100m livre misto, Jhennifer Conceição e Guilherme Costa batem recordes sul-americanos
Redação
25/06/2022 | 11:23

O Brasil bateu três recordes sul-americanos nesta sexta-feira 24, no penúltimo dia de disputas da natação no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria. O revezamento 4x100m livre misto, com Gabriel Santos, Vinicius Assunção, Giovanna Diamante e Stephanie Balduccini, ficou em sexto lugar com 03:24.78. Já Guilherme Costa, o Cachorrão, e Jhennifer Conceição se classificaram para a final dos 1.500m livre e dos 50m peito, com 14:53.03 e 30.28, respectivamente.

A equipe brasileira fez uma ótima final do revezamento 4x100m livre misto, terminando em sexto lugar. Todos os quatro integrantes fizeram boas parciais para que o recorde fosse batido. Gabriel abriu com 48.73 e Vinicius marcou 48.03. Giovanna Diamante nadou para 53.98, enquanto Stephanie Balduccini fechou com 54.04. A marca de 03:24.78 é quase um segundo melhor que o antigo recorde, que estava de pé desde 2015.

Em Budapeste, a disputa pelas medalhas foi emocionante até o fim. A Austrália quebrou a hegemonia dos Estados Unidos e levou o ouro, batendo o recorde mundial com 03:19.38. O Canadá faturou a medalha de prata, com 03:20.61, enquanto os EUA tiveram que se contentar com um bronze, marcando 03:21.09. Os ianques jamais haviam perdido a prova, que integra o programa da competição desde 2015.

RECORDES INDIVIDUAIS.
Já nas disputas individuais, Guilherme Costa, o Cachorrão, medalhista de bronze nos 400m livre, voltou a ter um desempenho destacável neste Mundial. Na parte da manhã desta sexta-feira, ele bateu o recorde sul-americano dos 1.500m livre nas eliminatórias, com 14:53.03, e ainda se classificou para a final da prova com o quarto melhor tempo. A decisão será disputada no sábado 25, às 13h17.

Jhennifer Conceição, por sua vez, bateu o recorde sul-americano dos 50m peito na semifinal da prova. Ela havia anotado 30.53 nas eliminatórias e marcou 30.28 na semifinal, abaixando 0,12s do que ela mesma havia estabelecido há um ano e meio. De quebra, a brasileira ainda se classificou para a final da disputa com o sexto melhor tempo. A decisão também acontecerá neste sábado, último dia de provas da natação em Budapeste. l

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.