BUSCAR
BUSCAR
Avaliação
Bolsonaro sobre isolamento: “Tem idiotas que até hoje ficam em casa”
Presidente voltou a criticar medidas adotadas nos estados como forma de conter a propagação do coronavírus
Metrópoles
17/05/2021 | 12:09

O presidente (sem partido) chamou de “idiotas” pessoas que cumprem o isolamento social, medida recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por autoridades sanitárias do mundo todo como forma de conter a disseminação do coronavírus.

A apoiadores reunidos na área externa do Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira 17, o presidente aproveitou para elogiar produtores rurais por não terem parado durante a pandemia. Ruralistas convocaram um ato de apoio ao governo federal em Brasília no último sábado 15.

“O agro realmente não parou. Tem uns idiotas aí… O ‘fique em casa’. Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa. Se o campo tivesse ficado em casa, esse cara tinha morrido de fome, esse idiota tinha morrido de fome. E daí ficam reclamando de tudo. Agora, quem tem salário fixo ou tem uma gorda aposentadoria, aí pode ficar em casa a vida toda, sem problema nenhum”, afirmou.

O presidente da República é crítico de medidas restritivas e também se nega a seguir protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias, como o uso de máscaras e o distanciamento social. O mandatário costuma defender medicamentos sem eficácia comprovada no tratamento da Covid.

No mês passado, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instalada no Senado Federalcom o objetivo de investigar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com a ausência de oxigênio, além de apurar possíveis irregularidades em repasses federais a estados e municípios.

Até o momento, o Brasil já perdeu 435.751 vidas para a Covid-19 e computou 15.627.475 casos de contaminação.

No sábado, Bolsonaro passeou a cavalo na área central de Brasíliae, de cima de um palanque montado no gramado da Esplanada dos Ministérios, fez um discurso criticando a esquerda e enaltecendo o conservadorismo no Brasil.

Acompanhado de ministros, o presidente não usou máscaras. Ao longo de toda a semana, ele incentivou apoiadores a comparecerem ao ato, que provocou aglomerações na capital federal.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.