BUSCAR
BUSCAR
Postura
Bolsonaro avalia mudança de estratégia em segundo turno
As maiores derrotas foram em São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Manaus
Redação/CNN
16/11/2020 | 17:43

Auxiliares de Bolsonaro têm saído com o mantra de que eleição é assim mesmo ganha ou perde. Mas que no segundo turno o presidente Jair Bolsonaro deve adotar outra postura. O primeiro turno foi marcado na reta final por lives eleitorais, em que o presidente apontou seus favoritos. Ainda ontem, porém, Bolsonaro apagou de seu perfil a lista com os nomes de 13 candidatos que apoiara no primeiro turno, incluindo nomes para vereador. Desses, apenas 2 venceram a prefeito neste domingo. Mão Santa (DEM), candidato à reeleição em Parnaíba (PI), e Gustavo Nunes (PSL), em Ipatinga.

Ao todo, quase 60 pessoas contaram com o prestígio do presidente nestas eleições.

As maiores derrotas foram em São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Manaus.

Ainda na noite deste domingo, Bolsonaro minimizou sua participação nesta etapa das eleições, disse que “resumiu-se a 4 lives num total de 3 horas” e apontou para o baixo rendimento da esquerda principalmente nas capitais. “De concreto partidos de esquerda sofreram uma histórica derrota nessas eleições, numa clara sinalização de que a onda conservadora chegou em 2018 para ficar. Para 2022 a certeza de que, nas urnas, consolidaremos nossa democracia com um sistema eleitoral aperfeiçoado”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.