BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Bolsonaro alfineta Doria: “Duas Coronavac e foi reinfectado?”
Bolsonaro também criticou as medidas adotadas pelo governador de São Paulo para barrar a disseminação do novo coronavírus
Metrópoles
20/07/2021 | 13:29

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) alfinetou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), nesta terça-feira 20, em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. O momento foi gravado e divulgado por um canal simpatizante do governo.

Bolsonaro citava medidas adotadas por gestores estaduais para barrar o novo coronavírus, quando citou Doria: “Olha o governante de São Paulo, vive aí ditando regras de cumprimentar com o cotovelinho, máscara, talquinho pom pom no bum bum”, debochou Bolsonaro. “Duas Coronavac e foi reeinfeectado”, completou.

A ironia do chefe do Executivo foi feita porque mesmo tendo tomado a segunda dose da vacina contra a Covid-19, no dia 4 de junho, o governador testou positivo para a doença pela segunda vez, no dia 15 de julho. Nenhuma vacina, contudo, impede de contrair a doença, mas previne as chances de agravamento.

Ao anunciar que tinha testado positivo pela segunda vez, o governador fez a observação de que o caso dele servia de alerta para que todos que já foram vacinados seguissem respeitando os protocolos. “Pois, todos estão suscetíveis a serem infectados e transmitir o vírus, mesmo vacinados. Não importa a vacina, elas evitam o agravamento da doença, não a infecção.”

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já reiterou a eficácia do imunizante produzido pelo Instituto Butantan, em parceria com a Sinovac, contra a doença. O secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, também já havia anunciado que a taxa de eficácia da vacina estava entre 50% e 90%.

Publicado no início do mês de julho, em um dos mais conceituados periódicos da medicina no mundo, o New England Journal of Medicine, um estudo chileno comprovou que entre aqueles que foram imunizados com as duas doses da Coronavac, a eficácia da vacina é de 65,9% para a prevenção da Covid-19, de 87,5% para a hospitalização, de 90,3% para internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), e de 86,3% para a prevenção de morte causada pelo vírus.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.