BUSCAR
BUSCAR
Polêmica
ÁUDIOS: Ouça as falas de Rogério Caboclo para funcionária que o denunciou por assédio
Material gravado por funcionária da CBF mostra conversas que a fizeram protocolar denúncia por assédio sexual contra o agora afastado presidente da entidade.
G1/Fantástico
07/06/2021 | 07:40

Com exclusividade, o Fantástico mostrou no domingo 6, trechos de um dos áudios que estão na denúncia de assédio moral e sexual feita por uma funcionária da CBF contra o presidente da entidade, Rogério Caboclo. Esse diálogo se deu no dia 16 de março deste ano, na sala do presidente. Constrangida com o assédio, a secretária decidiu gravar toda a conversa. OUÇA.

“Eu conheço minha mulher há 26 anos. Já apaixonei, pirei por amor. Eu tinha te jurado que eu não ia falar sobre assuntos particulares”, diz Rogério Caboclo.

A promessa foi feita por Rogério Caboclo, segundo a funcionária, depois de mais um episódio de abuso sexual e moral na relação entre chefe e secretária. Mas ele a descumpria reiteradamente, de acordo com ela.

Aparentemente se mostrando livre para uma aventura, o dirigente se refere ao casamento dele usando palavrões para falar de órgãos sexuais. A funcionária não responde e diz que não quer saber da vida sexual do chefe. Ele ignora e continua falando do casamento. “Ela vai fazer ginástica, vai voltar tesuda. Sabe o que eu sou contra? Nada”, diz Caboclo.

A secretária mostra nervosismo e chega a rir. ele oferece uma bebida: “Você quer uma taça de vinho?”. A funcionária nega, mais de uma vez.

“Senão parece que eu tô louco. Aí eu começo a falar um monte de besteira. Posso te fazer uma pergunta?”, diz Rogério.

A pergunta é sobre um outro funcionário da CBF: “você consegue resistir todo dia dando em cima de você?”. Ela responde explicando que o funcionário divide apartamento com ela, mas que são amigos e que não há qualquer outra relação entre eles, além de amizade.

O dirigente desdenha da resposta e continua insistindo em perguntas pessoais, que nada têm a ver com a relação de trabalho entre chefe e subordinada.

“Eu não acredito. Tá bom. Segunda pergunta. Posso? Ah eu não sei como perguntar. Posso fazer?”, questiona Caboclo. Ela então corta a conversa e diz que acha melhor ele não perguntar mais nada, porque está ficando sem graça. Mas Rogério Caboclo abaixa a voz e pergunta: ‘você se masturba?’. O diálogo é encerrado por ela neste momento, ela sai da sala.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.