BUSCAR
BUSCAR
Alecrim
Atores e artistas protestam contra fechamento do Teatro Sandoval Wanderley
Diretora de teatro afirmou que o prefeito Carlos Eduardo Alves articula negociata com empresários de São Paulo - o que para ela é inaceitável, por ser um bem público
Redação
27/03/2018 | 19:15

Um protesto realizado na tarde desta terça feira, 27, “Dia do Teatro e do Circo”, reuniu vários artistas, escritores, diretores e atores, em frente ao Teatro Sandoval Wanderley, localizado na avenida Presidente Bandeira, no bairro do Alecrim. O prédio está fechado há pelo menos oito anos.

Para a diretora de teatro Cristina Moreno, o espaço pode estar sendo usado como “moeda de troca”. “É um teatro popular, em um bairro popular, que tem dinheiro para reforma, mas continua fechado porque se tornou moeda de troca”. Ela afirmou que o prefeito Carlos Eduardo Alves articula negociata com empresários de São Paulo – o que para ela é inaceitável, por ser um bem público.

Cristina denuncia que não há discussões entre moradores do bairro e artistas, porque o prefeito de Natal estaria dificultando o diálogo. A falta de espaços públicos para os ensaios de artistas e atores, além da pouca oferta de opções de teatro popular, estão entre as maiores preocupações dos manifestantes.

Em setembro passado, o Plenário da Câmara Municipal de Natal aprovou, na sessão ordinária, um veto integral ao Projeto de Lei nº117/2017, de autoria do vereador Fernando Lucena (PT), subscrito pela vereadora Natália Bonavides (PT) e pelo vereador Klaus Araújo (SD), que declara Patrimônio Cultural Imaterial da cidade de Natal o Teatro Municipal Sandoval Wanderley. Foram 12 votos a favor, 6 contra e 4 abstenções.

Localizado no bairro do Alecrim, na Avenida Presidente Bandeira, o Sandoval Wanderley é um teatro de de arena com capacidade para 150 espectadores. É referência de divulgação e cumpre um papel importante na cena cultural da cidade. Foi o segundo a ser construído na capital, em 1962, e leva o nome do ator assuense Sandoval Wanderley, que criou os grupos Conjunto Teatral Potiguar, em 1941, e o Teatro de Amadores de Natal, em 1951.

 

 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.