BUSCAR
BUSCAR
Medida
Assembleia da Venezuela aprova lei que concede mais poder a Maduro
O líder venezuelano apresentou o projeto "antibloqueio" na terça-feira 6 na Assembleia, uma legislação parecida com a que ele criou para contornar o Congresso, controlado pela oposição
Redação
09/10/2020 | 11:31

A Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, pró-governo, aprovou nessa quinta-feira 8 uma lei que permite ao presidente Nicolás Maduro assinar confidencialmente novos acordos de petróleo com empresas privadas e outros países. A medida é uma resposta às sanções impostas pelos Estados Unidos.

O líder venezuelano apresentou o projeto “antibloqueio” na terça-feira 6 na Assembleia, uma legislação parecida com a que ele criou para contornar o Congresso, controlado pela oposição.

“Podemos fornecer ao presidente Nicolás Maduro um instrumento legal para continuar lutando, enfrentando o bloqueio”, afirmou Diosdado Cabello, presidente da Assembleia e vice-presidente do governante Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).

A lei vai permitir mudanças na posse de joint ventures (empreendimentos conjuntos) entre a estatal de petróleo PDVSA e companhias privadas. Contudo, não indica a porcentagem de participação que a estatal vai ter em futuras joint ventures.

O governo Maduro enfrenta uma severa crise financeira causada pela queda na produção de petróleo e limitações na exportação do combustível bruto em razão das restrições impostas por Washington. 

*As informações são da CNN Brasil

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.