BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Armas não são boas companhias para ninguém, exceto para sua imaginação de artista de filme
Confira a coluna de Marcelo Hollanda desta quarta-feira 30
Marcelo Hollanda
30/06/2021 | 09:42

Razão para você não andar armado: Lázaro

Uma boa razão para você não ter armas e nem lutar para que elas se multipliquem na sociedade é Lázaro Barbosa, o Serial Killer do Distrito Federal. Foi necessária uma caçada de 20 dias, mais de 200 homens empregados e, por fim, 170 tiros disparados para matar um único bandido.

É fato que a venda de armas cresceu imensamente no governo Bolsonaro, que fez o valor de triplicar o acesso à munições e dificultar seu rastreamento – tudo que homens do bem e do mal querem nessa vida. A maioria da população pobre e trabalhadora do Brasil não quer saber de armas. As pessoas humildes sabem que elas atraem confusão, além de serem muito caras, inacessíveis mesmo, quando são legalizadas.
A classe média bravateira acha que ter uma arma pode protegê-la, enquanto os ricos tratam de blindar seus carros e contratar seguranças.

Mas nada disso protege quando a gente sabe que dezenas de policiais fortemente armados precisaram atirar 175 vezes contra Lázaro Barbosa num amanhecer ensolarado e frio.

Helicópteros, drones e a tal inteligência policial foram usadas à exaustão para abater com 37 tiros um único bandido – o que diria você, sua pistola e algumas horas de estande de tiro contra esse homem? Sábios os pobrezinhos da periferia: não querem saber desse negócio de armas. Eles sabem que nas mãos de gente acostumada a matar um “pau de fogo”, como diriam os índios da tevê, é muito mais letal do que sua intenção de autodefesa. O próprio presidente da República, que adora aparecer nas fotos ostentando armas ou fazendo arminha com a mão atirando para o céu, teve uma arma tomada no passado.

Não, armas não são boas companhias para ninguém, exceto para a sua imaginação de protagonista de filme de ação.

Na vida real a probabilidade de acabar num caixão é muito grande se você acha bom que todo mundo ande armado. Nos EUA muitos andam até por uma questão cultural e constitucional, mas não é em todo o país que você vê um aposentado endinheirado acantonar-se numa suíte de um hotel para abater dezenas de pessoas que se divertem num show.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.