BUSCAR
BUSCAR
Covid-19

Argentina começa nesta terça-feira a aplicar 300 mil doses de vacina russa

"Recebemos as primeiras 300 mil doses para iniciar este grande desafio que é a campanha de vacinação mais importante da história da Argentina", disse a secretária de Saúde, Carla Vizzotti
Estadão
29/12/2020 | 07:41

Após receber as primeiras 300 mil doses da vacina russa Sputnik V, a Argentina iniciou nesta segunda, 28, a distribuição para que o programa de imunização em massa comece nesta terça-feira, 29, nas províncias. O Fundo de Investimento Direto Russo, que financiou o desenvolvimento da vacina, planeja enviar mais 10 milhões de doses ao país em 2021.

“Recebemos as primeiras 300 mil doses para iniciar este grande desafio que é a campanha de vacinação mais importante da história da Argentina”, disse a secretária de Saúde, Carla Vizzotti, parte da delegação que viajou à Rússia para receber informações técnicas sobre a Sputnik V – ela voltou no mesmo avião que transportou as primeiras doses. A Rússia alega que a eficácia de sua vacina, vista com desconfiança por parte da comunidade científica ocidental, é de 91,4%.

Anvisa cria comissão para avaliar registro e autorização de vacinas
A vacinação começará às 9 horas (horário local), segundo informou o presidente argentino. Foto: Reuters

A segunda leva do imunizante será enviada à Argentina nas próximas três semanas, segundo o diretor do Centro Gamaleya, criador da Sputnik V, Alexander Gintsburg. Ele afirmou que os fabricantes conseguiram eliminar um desequilíbrio na produção do primeiro e do segundo componentes, que são inoculados com um hiato de 21 dias.

A vacinação começará às 9 horas (horário local), segundo informou o presidente argentino, Alberto Fernández, no fim de semana. Na primeira fase, a vacinação será destinada aos profissionais de saúde de grandes centros urbanos, onde a pandemia teve um impacto maior e o risco de uma segunda onda é mais elevado.

O coordenador do setor de logística do Ministério da Saúde, Juan Pablo Saulle, afirmou que “todo o calendário foi elaborado para fazer a entrega a cada ponto em cada província, para chegar ao mesmo tempo, com uma diferença de apenas 3 a 4 horas”.

O plano de vacinação estima um total de 54,4 milhões de doses, considerando um esquema de duas doses e calculando uma taxa de perda estimada em 15%, que atingiria entre 23 e 24 milhões de pessoas de uma população de 45 milhões.

O contrato de aquisição da Sputnik V é o terceiro assinado pela Argentina: o primeiro foi com a AstraZeneca e a Universidade de Oxford – vacina que será aplicada em março – e o segundo com a aliança internacional Covax, da ONU, embora outros acordos ainda estejam sendo negociados. “A ideia é que, quando chegar o outono, já tenhamos vacinado todas as pessoas em grupos de risco”, disse Fernández.

Filho de Joe Biden é condenado por posse ilegal de arma
Hunter Biden comprou armamento enquanto lutava contra vício em crack, decide júri de Delawere
11/06/2024 às 19:00
Parlamentares no Japão vão investigar ameaça de OVNIs à segurança nacional
Preocupação dos políticos é que os objetos não identificados poderiam ser drones espiões disfarçados
10/06/2024 às 20:46
Conselho de Segurança da ONU aprova resolução dos EUA sobre cessar-fogo em Gaza
Rússia se absteve; outros 14 membros votaram a favor
10/06/2024 às 18:12
Brasil condena ataque de Israel contra escola da ONU em Gaza
Quarenta pessoas morreram e dezenas ficaram feridas
06/06/2024 às 21:24
Nasa divulga 1ª foto da tripulação da Starliner em estação espacial
Astronautas Suni Williams e Butch Wilmore encontraram outros agentes que já estavam na ISS
06/06/2024 às 20:46
“Jogos Vorazes” terá novo livro em 2025; saiba tudo
Escrito pela autora Suzanne Collins, responsável pelos livros que originaram a franquia de filmes, novo volume está previsto para chegar em março do ano que vem
06/06/2024 às 13:37
Nvidia ultrapassa Apple e é a segunda empresa mais valiosa do mundo
Ações da fabricante de chips eram negociadas em alta de 5%, dando à Nvidia um valor de mercado de US$ 3,007 trilhões
05/06/2024 às 17:59
Relatório sobre oceano aponta aquecimento, acidificação e queda de O₂
Atualmente, apenas 25% do fundo do oceano é mapeado
04/06/2024 às 11:00
Trump cria TikTok e acumula milhões de seguidores no app que ele tentou banir
Em 2020, republicano tentou proibir rede social nos EUA alegando riscos à segurança nacional
02/06/2024 às 16:23
Estudo aponta possível ligação entre tatuagens e linfoma; especialistas pedem mais dados
Autores do estudo enfatizaram que mais pesquisas serão necessárias para desenvolver a conclusão; especialistas dizem que evidências são iniciais e ainda precisam de validação adicional
02/06/2024 às 14:55
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.