BUSCAR
BUSCAR
Mudança
Após traições, Arthur Aguiar se converte ao Evangelho e é batizado
Arthur admitiu os casos extraconjugais e se afastou da mídia, inclusive emprestando seu Instagram para iniciativas sociais. O ator defendeu que "não quer ou precisa" que seus seguidores acreditem na sua transformação
Redação/Uol/Metrópoles
29/09/2020 | 13:55

Após a separação de Arthur Aguiar e Mayra Cardi, o cantor procurou o retiro espiritual Estância Paraíso, localizado em Minas Gerais, e se converteu ao Evangelho. O ator foi batizado nas águas sagradas do retiro espiritual. Arthur foi alvo de críticas na redes sociais após o anúncio da conversão. As informações são do Uol e do Metrópoles.

O ator, de 31 anos, tirou períodos sabáticos das redes sociais nos últimos meses depois que sua ex-mulher, Mayra Cardi, acusou o antigo companheiro de ter sido abusivo durante o casamento, cometendo uma série de traições com mulheres diferentes.

Arthur admitiu os casos extraconjugais e se afastou da mídia, inclusive emprestando seu Instagram para iniciativas sociais.

Na sua volta às redes, ele já havia mostrado uma aproximação com a espiritualidade e pediu perdão à ex, mãe de sua filha Sophia, de 1 ano, “por todas as atitudes incabíveis e injustificáveis ao longo desse tempo”.

Apesar das declarações públicas, o ator defendeu que “não quer ou precisa” que seus seguidores acreditem na sua transformação e afirmou que “ninguém tem o direito de julgar o outro”.

“Não quero e não preciso que ninguém acredite na minha transformação, pois o único que precisa sentir isso é Deus e ele sabe que é de verdade. A única coisa que exijo é RESPEITO, pois você que está lendo minha mensagem não tem o direito de me julgar, de me xingar, de me apontar o dedo ou falar qualquer coisa sobre a minha vida, porque ela não é sua”, escreveu ele.

“A grande maioria se acha dono da razão, com direito de julgar, xingar e aplicar uma sentença na vida do outro como se ele fosse Deus. E aí eu te pergunto: Quem é você pra julgar o outro? Quem? Quem te deu esse direito? Olha pra sua vida, olha pra tudo que você faz ou deixa de fazer. Não existe pecadinho e pecadão, existe pecado, erro. Não cabe o julgamento se fulano errou mais ou menos, ele errou e ponto final. Resta saber o que ele fará com todos esses erros, isso que é importante”, argumentou o ator.

“Olhe mais pra si e menos pro outro quando for querer enxergar e apontar algum defeito, você está cheio de erros e defeitos e tá tentando esconder isso colocando os holofotes no erro do outro pra que ninguém veja os seus. E olhe mais pro outro e menos pra você quando pensar em sair por aí julgando, debochando, xingando e fazendo gracinha com a vida do outro”, concluiu.

*Com informações do Uol e do Metrópoles

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.