BUSCAR
BUSCAR
Deboche
Após ser solto, homem faz chacota de prisão e é preso novamente
Homem é investigado por esquema de corrupção de agentes públicos e foi preso por porte ilegal de arma de fogo e uso indevido de logotipo
Metrópoles
19/05/2021 | 17:29

Um homem foi preso na terça-feira 18, um dia depois de ter sido colocado em liberdade. Segundo a Polícia Civil, o indivíduo compareceu na Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), na intenção de buscar os objetos pessoais apreendidos, no entanto, os agentes desconfiaram de um volume na cintura dele e encontraram uma arma, dois carregadores e e 20 munições.

De acordo com a corporação, de imediato, foi dada voz de prisão ao homem por porte ilegal de arma de fogo. O modelo apreendido é uma pistola, calibre 380, modelo CPX-3.

Segundo a polícia, o homem havia sido solto na segunda-feira 17, após cumprir prisão temporária de cinco dias. Ele é investigado em um esquema de corrupção de agentes públicos e foi preso na semana passada, durante a operação Cherokee.

Conforme explicação da PCGO, após a liberdade, o homem “gravou um vídeo escarnecendo das autoridades constituídas e ostentando a arma de fogo apreendida”. Ainda de acordo com a polícia, o vídeo circulou em diversos grupos de aplicativo de troca de mensagens.

Na delegacia, após a nova prisão, também foi encontrada com o homem uma carteira brasonada do gabinete militar do Estado de Goiás, com registro em nome do autuado. Com isso, além do porte ilegal de arma de fogo, o indivíduo também foi autuado por uso indevido de logotipo ou quaisquer outros símbolos identificadores de órgãos ou entidades da Administração Públicas.

Caso condenado por estes crimes, o homem pode pegar penas de até 10 anos de prisão.

Metrópoles não conseguiu contato com a defesa do preso.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.