BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Após preso contrair covid, visitas são suspensas em pavilhão de Alcaçuz
Visitas virtuais para que os familiares se comuniquem remotamente com os privados de liberdade do Pavilhão 04 serão mantidas, assim como as visitas presenciais e televisitas nos outros três pavilhões
Redação
16/12/2020 | 11:01

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) suspendeu nesta quarta-feira, dia 16, as visitas presenciais no Pavilhão 4 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. A medida foi tomada após a confirmação de um interno infectado pelo novo Coronavírus.

O preso apresenta sintomas leves e está isolado. As visitas virtuais para que os familiares se comuniquem remotamente com os privados de liberdade do Pavilhão 04 serão mantidas, assim como as visitas presenciais e televisitas nos outros três pavilhões de Alcaçuz. O sistema prisional do RN tem 10.725 detentos e nove internos confirmados com o Covid-19.

O preso infectado é acompanhado pela equipe de Saúde Prisional de Alcaçuz. Outros 18 internos que estavam com ele na mesma cela estão em quarentena. A direção da unidade informou a testagem positiva ao Comitê de Crise da Seap que, atendendo a Resolução Interadministrativa 04, determinou a suspensão imediata das visitas presenciais. As celas e ambientes de uso comum do pavilhão foram desinfectados com uso de saneantes e todas as medidas e protocolos de combate ao Covid-19 foram seguidos.

No dia 10, a Seap, considerando a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 superior a 80% nos municípios de Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó, suspendeu as visitas presenciais nas quatro unidades localizadas nessas cidades. Na Cadeia Pública de Caraúbas, a suspensão foi por falta de leitos no hospital local.

A Seap acompanha diariamente os casos de Covid-19 envolvendo pessoas privadas de liberdade e policiais penais. O acesso as unidades prisionais chegou a ser totalmente fechado de março a outubro, sendo retomado de forma gradual e responsável em novembro. A medida contribuiu para o controle da doença, colocando o RN como o único estado do Nordeste a não registrar óbito entre presos, policiais penais e servidores que atuam nos presídios.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.