BUSCAR
BUSCAR
Acordo
Após paralisação dos serviços, maqueiros se reúnem com Sesap para discutir salários atrasados
Profissionais reclamam que o pagamento de dezembro, que deveria ter sido depositado em suas contas até o quinto dia útil desse mês, ainda não foi pago e, por isso, decidiram fazer uma parada de advertência
Redação
25/01/2021 | 12:43

Em paralisação desde a última sexta-feira 22 maqueiros e profissionais da higienização terceirizados que atuam no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal – o maior hospital público de urgência e emergência do Rio Grande do Norte – não aceitaram o acordo indenizatório com a empresa terceirizada responsável e solicitaram uma reunião para decidir sobre o pagamento dos atrasados e o retorno aos serviços. A reunião está prevista para acontecer às 14h30 dessa segunda-feira 25.

Os profissionais reclamam que o pagamento de dezembro, que deveria ter sido depositado em suas contas até o quinto dia útil desse mês, ainda não foi pago e, por isso, decidiram fazer uma parada de advertência na última sexta-feira 22, que se prolongou durante o final de semana e seguiu até a manhã dessa segunda-feira.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou nesse domingo 24 que havia sido realizado o pagamento da empresa terceirizada responsável pela prestação de serviços dos maqueiros do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Nesta segunda, porém, informou que ainda falta uma parte do pagamento a ser realizado pelo governo.

O serviço segue parcialmente comprometido em todos os setores do hospital, desde o centro cirúrgico até o centro de recuperação.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.