BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Aparelho da segurança pública do RN, com raras exceções, está quase morto
Confira a coluna de João Ricardo Correia desta terça-feira 10
João Ricardo Correia
10/08/2021 | 08:57

Insegurança
O aparelho da segurança pública do RN, com raríssimas exceções, está inerte. Serve para agradar a governadora Fátima Bezerra, para ilustrar peças publicitárias e nada mais.

Insegurança 2
Falta vontade política de permitir que os valorosos policiais – que são a maioria -, mesmo com dificuldades, minimizem o sofrimento dos cidadãos que estão na mira das armas dos bandidos.

Insegurança 3
Enquanto isso, criminosos assaltam, estuprar, invadem casas, matam. Lastimável. Uma vergonha do tamanho da cara de pau dos cretinos que ainda se aglomeram nas fotos quando vão entregar viaturas, armas e munições. Fazem tudo para aparecer ao lado da chefe.

Fogo
Os incêndios florestais que atingem a Sibéria se agravaram ainda mais nesta segunda-feira 9. As autoridades da Rússia informaram que a catástrofe é de tamanha magnitude que sua fumaça já chegou ao Polo Norte. Na região de Yakutia, informa o Renova Mídia, uma gigantesca área escassamente povoada no norte da Sibéria, a situação continua piorando.

Fogo 2
Só falta a cantora Anitta querer salvas as girafas da Sibéria e botar a culpa pelo incêndio em Bolsonaro. Ele, claro, daria mais uma das suas catastróficas respostas. E tudo permaneceria sem mudança. É fogo…

Orçamentos
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte participou nesta segunda-feira 9 de audiência pública virtual da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que debateu os cortes realizados nos orçamentos das Instituições Federais de Ensino Superior da região Nordeste. O reitor José Daniel Diniz Melo foi um dos palestrantes do evento, onde defendeu a recomposição do orçamento atual e alertou para a possibilidade de novos cortes em 2022.

Desrespeito
Não tem uma autoridade que determine que usuários de ônibus sejam respeitados em Natal. Um dos exemplos atinge quem utiliza a linha 78, que passa por Petrópolis com destino à zona Norte. À noite, por volta das 20 horas, os passageiros não dispõem do serviço e precisam se deslocar para outros pontos, se quiserem chegar em casa.

Desrespeito 2
Quem mora no conjunto Cidade Satélite, zona Sul da capital, não dispõe mais da linha 44. O medonho é que, em época de eleição, aparecem os “vereadores da comunidade” e muitos terminam sendo eleitos, reeleitos, enfim… É quase o fim.

Reflexão
Perdoar não significa esquecer. Portanto, estejamos atentos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.