BUSCAR
BUSCAR
Esclarecimento
Aliado de Aras terá que explicar despacho secreto que travou apuração de omissão na fiscalização de Bolsonaro
Como revelou O GLOBO, caso gerou uma guerra interna dentro da Procuradoria-Geral da República
O Globo
09/07/2021 | 12:28

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, foi intimado ontem pela Justiça Federal do Distrito Federal para apresentar esclarecimentos em 72 horas sobre um despacho secreto que paralisou pedido de apuração contra o procurador-geral, Augusto Aras, seu aliado.

Como revelou O GLOBO, o caso gerou uma guerra interna dentro da Procuradoria-Geral da República (PGR). Integrantes do Conselho Superior do Ministério Público Federal tentam dar prosseguimento a um pedido de investigação feito pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Fabiano Contarato (Rede-ES) contra Aras, acusado de omissões na fiscalização do presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia de Covid-19.

O subprocurador José Bonifácio, vice-presidente do conselho, havia determinado que o caso tivesse prosseguimento para que posteriormente fosse colocado em julgamento. Mas funcionários do conselho enviaram o processo diretamente para Humberto Jacques, em vez de distribui-lo aleatoriamente a um conselheiro. Jacques proferiu um despacho secreto, mesmo sem existência de sigilo no processo, e, depois disso, o caso ficou parado.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.