BUSCAR
BUSCAR
Análise
Alayde Passaia rebate Amoêdo e diz que Novo foi bem nas eleições 2020
Publicitária, que foi candidata a vereadora de Natal nas eleições 2020, discorda do fundador do partido, João Amoêdo, que esta semana disse que o Novo teve um resultado aquém das expectativas
Pedro Trindade
04/12/2020 | 06:23

Fundador do partido Novo, o empresário João Amoêdo, que foi candidato a presidente da República em 2018, avaliou esta semana que os resultados da legenda nas eleições municipais deste ano ficaram “aquém” das expectativas.

A frustração, segundo ele, se dá ao comparar o crescimento de quase 50% no número de candidatos entre 2018 e 2020. O aumento de eleitos, entretanto, foi de 36%.

“O nosso desempenho em 2020 ficou aquém daquilo que se esperava do Novo. Isso não tira o mérito e os parabéns aos eleitos, mas deve servir como alerta e reflexão”, disse Amoêdo em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

“É importante valorizar os resultados, porém, é mais importante identificar e aprender com os erros. Só assim continuaremos a crescer e ser, de fato, uma instituição que representa a esperança de mudança para o País”, disse o empresário.

Apesar disso, há filiados que discordam da análise. A publicitária Alayde Passaia, que foi candidata a vereadora de Natal pelo partido, avalia que o Novo teve o melhor desempenho proporcional entre os partidos no Brasil, porque elegeu 5% de todos os seus candidatos – nenhum em cidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

“O Novo teve mais sucesso nas 15 capitais que têm os melhores Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Onde as pessoas têm mais acesso à informação, qualidade de vida melhor e noção de como é viver em uma cidade que tem IDH elevado se conheceu mais o Novo. Além disso, as referências do partido estão no Sul e Sudeste”, reflete.

Alayde reconhece a necessidade de tornar o partido mais conhecido, aumentando sua atuação em cidades que ainda não contam com nomes de referência, como Natal. Para tanto, o Novo pretende apostar em uma escola para políticos e lideranças com a finalidade de ensinar sobre a prática política.

“A Fundação Novo vai servir de processo seletivo, porque vai atrair pessoas que queiram entender as boas práticas da política. Aqueles que forem aprovados e tiverem um bom desempenho poderão ser candidatos. É uma forma de atrair pessoas boas. Cidadãos comuns que acreditam numa luz no fim do túnel. É de graça. É uma forma inteligente e prática de ser conhecido e apresentar novas lideranças”, comenta.

Somado a isso, ela acredita que as redes sociais ajudam a difundir o projeto, divulgar ideias e popularizar as boas práticas do Novo. Alayde também aponta a articulação criada em Santa Catarina como modelo a seguido pelo partido em todo Brasil.

“Na semana seguinte às eleições de 2018, eles já começaram a trabalhar, com reuniões e buscando filiações. Eles fizeram o dever de casa. Só que é mais fácil fazer isso quando se tem eleitos próximos a você para apontar as ações realizadas. No Nordeste, por exemplo, não temos ninguém”, encerra.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.