BUSCAR
BUSCAR
Premiação
AGORA RN é destaque no IX Prêmio de Jornalismo do MPRN
Solenidade aconteceu na noite desta quinta-feira 15
Redação
15/12/2023 | 10:11

O fotojornalista do AGORA RN José Aldenir ficou em segundo lugar na premiação da 9ª Edição do Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN), na categoria de Fotojornalismo. A solenidade aconteceu na noite desta quinta-feira 15 no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal, e teve 15 trabalhos premiados em 5 diferentes categorias.

Ainda na premiação, a jornalista Anna Ruth Dantas garantiu o terceiro colocado na categoria de jornalismo impresso também pelo AGORA RN.

O MPRN entregou um troféu de premiação para todos os vencedores e certificados. O primeiro lugar foi agraciado com R$ 3.500,00, já o segundo lugar recebeu o prêmio de R$ 2.500,00. E para o terceiro lugar a premiação foi de R$ 1.500,00. O MPRN concedeu ainda um destaque acadêmico, com entrega de troféu de menção honrosa e certificado para um estudante de jornalismo que se inscreveu no Prêmio de Jornalismo.

prêmio de jornalismo
Foto que garantiu o segundo lugar de José Aldenir no Prêmio de Jornalismo do MPRN – Foto: José Aldenir/Agora RN

A procuradora-geral de Justiça, Elaine Cardoso, abriu a solenidade destacando o importante papel do jornalismo na sociedade. “A finalidade principal é buscar identificar dentro dessa nossa missão constitucional resultados e trabalhos que demonstram nosso esforço e, a partir dessa união com o jornalismo, fomentar a garantia dos direitos fundamentais, combater a corrupção e o crime organizado”, destacou.

Antes da solenidade de premiação, houve ainda uma palestra dos jornalistas Maurício Ferraz e Evandro Siqueira, que fazem parte do núcleo investigativo do programa Fantástico, da TV Globo, com o tema “Os bastidores do jornalismo investigativo e a importância do Ministério Público no combate à corrupção”. “Muito importante esse prêmio porque você incentiva um bom jornalismo, um jornalismo ético, um jornalismo profissional. É uma forma de incentivar bons textos, boas fotos, bons vídeos. E poder falar sobre a corrupção é fundamental porque, na minha visão, é o que está corroendo o Brasil hoje. Então, se você está falando aqui para procuradores, promotores e jornalistas, que são os pilares da democracia, então isso é muito significativo”, registrou Maurício Ferraz.

Categoria mais concorrida, com 11 inscrições, o webjornalismo teve como 1º lugar o trabalho do jornalista Everton Dantas, do Novo Notícias. O profissional ressaltou a importância do reconhecimento público e do incentivo da instituição à categoria. “Eu me sinto muito feliz porque eu tenho 23 anos de jornalismo e faz uns 20 anos que eu cubro o Ministério Público. Assim, é muito gratificante para mim, primeiro poder participar do prêmio com tanta gente que eu conheço, que eu já trabalhei. Eu já fui professor, já fui colega de profissão em redações e é só alegria. Espero que ano que vem eu possa ganhar de novo”, declarou. Entre os veículos de comunicação, destaque para os jornais Novo Notícias, Agora RN, Tribuna do Norte e Band, que ganharam cada um prêmios em duas categorias diferentes.

Confira a lista dos vencedores da edição:

Radiojornalismo
1º lugar: Ícaro Carvalho, da Jovem Pan News
2º lugar: Ronaldo Jorge, da FM Universitária
3º lugar: Sérgio Costa, da 96 FM

Jornalismo Impresso
1º lugar: Bruno Vital, da Tribuna Do Norte
2º lugar: Rafael Araújo, no Novo Notícias
3º lugar: Anna Ruth Dantas, do Agora RN

Fotojornalismo
1º lugar: Pedro Henrique Santiago, do Iband RN
2º lugar: José Aldenir, do Agora RN
3º lugar: Adriano Abreu, da Tribuna Do Norte

Telejornalismo
1º lugar: Mara Godeiro, da TV Tropical
2º lugar: Cláudia Angélica, da TV Assembleia
3º lugar: Ranniery Souza, da TV Universitária

Menção honrosa para o estudante Lucas de Aguiar, da Tv Universitária

Webjornalismo
1º lugar: Everton Dantas, do Novo Notícias
2º lugar: Anderson Barbosa, do Portal Iband RN
3º lugar: Thyfanny Alves, do Portal TCM Notícia

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.