BUSCAR
BUSCAR
Morte
Agente anticorrupção da PF é assassinado a tiros em adega em São Paulo
Segundo registro da Polícia Militar, o agente teria se desentendido por causa do preço de bebida
Estadão Conteúdo
06/12/2020 | 18:00

O policial federal Renato Rewai Paraná e Silva, de 41 anos, foi morto na madrugada deste domingo 6 em uma adega localizada no bairro de São Mateus, na zona leste da cidade de São Paulo. O agente da Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros (Delecor) foi alvejado por quatro disparos, segundo boletim de ocorrência registrado pouco antes das seis horas da manhã na 49ª DP.

Os policiais que atenderam a ocorrência relataram que, ao questionarem as pessoas que estavam no local, foram informados que houve uma discussão entre o policial e o dono da Adega Empório.

Segundo registro da Polícia Militar, o agente teria se desentendido por causa do preço de bebida.

Silva teria sacado uma glock 0.9 mm e então “um terceiro, não identificado, sacou um revólver calibre 38 e efetuou os disparos contra a vítima”.

O agente chegou a ser levado para o hospital Santa Marcelina de Itaquera, mas lá foi declarada sua morte. O dono do estabelecimento foi levado à delegacia para prestar informações.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.