BUSCAR
BUSCAR
Contra Dilma
Aécio Neves diz que não há motivos para suspeitar de fraude na eleição de 2014
Neves disse que não há qualquer indício de fraude em 2014 e, intimamente, ele acha que não houve
IG
12/07/2021 | 16:30

O presidente Bolsonaro repetidamente diz que a eleição de 2014 foi fraudada. A jornalista Míriam Leitão no final de semana com o principal envolvido, o deputado Aécio Neves, que disputava a presidência com Dilma Rousseff. À época, ele levantou suspeitas sobre o sistema de votos.

Neves disse que não há qualquer indício de fraude em 2014 e, intimamente, ele acha que não houve. No entanto, o deputado acredita que não há problema nenhum em ser discutido um aperfeiçoamento no sistema de urnas eletrônicas. Que não há motivo para ficar prisioneiro como se fosse uma cláusula pétrea.

Só que Neves acredita não ser o melhor momento para isso, já que o assunto foi contaminado pela maneira como o presidente tem usado para criar uma suspensão sobre a democracia brasileira.

Na época, o PSDB fez uma auditoria e não encontrou nenhum sinal de fraude. O partido está sendo usado por Bolsonaro e tem que ser claríssimo neste assunto.

Neste final de semana, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, assinou com outros seis partidos uma nota forte defendendo o atual sistema de votação, dizendo que é sério, seguro, moderno e auditável. Conversei também com ele hoje sobre esse assunto:

Na minha opinião, o presidente Bolsonaro criou um problema que não existe e dá uma solução que significa retrocesso, que é a volta da impressão do voto. Na sexta-feira, o presidente Luiz Roberto Barroso disse que o processo eleitoral é seguro, transparente e auditável e desde a sua implantação em 1996 nunca houve indício de fraude.

Toda essa discussão artificial foi criada pelo presidente para criar dúvida no eleitor. Assim como fez Trump, ex-presidente dos Estados Unidos. Desde antes da eleição falava em fraude, que não aceitaria se perdesse a eleição e inflamou as massas que o seguiam, o que resultou na lamentável invasão do Capitólio na confirmação da vitória de Joe Biden.

Bolsonaro é previsível e segue exatamente o que Trump fez. Temos que ter em mente que ele está usando como pretexto para a confusão que vai fazer adiante. O que o presidente quer é minar a confiança na democracia brasileira.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.