BUSCAR
BUSCAR
Cobrança
Vice-prefeito está “desviando o foco” de viagem ao exterior, diz Natália
Para vereadora, Álvaro enviou à Câmara respostas insatisfatórias à solicitação de informações sobre afastamento dele do município sem informar
Tiago Rebolo
10/05/2017 | 05:20

A vereadora Natália Bonavides (PT) considera que o vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias (PMDB), está “desviando o foco” dos questionamentos levantados pela Câmara Municipal a respeito do afastamento dele e do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) da cidade no final do mês de abril sem comunicar o Poder Legislativo e transmitir o cargo ao próximo na linha sucessória.

Em resposta a ofício dos vereadores, o peemedebista não deu maiores explicações sobre o afastamento das atividades, alegando que não tem obrigação de enviar comunicados ao Poder Legislativo em caso de distanciamento inferior a trinta dias.

No documento enviado à Câmara, que não revela o motivo e o período do afastamento, o vice-prefeito destacou que “desconhece previsão constitucional ou legal” em casos como o dele, que se ausentou da cidade por cerca de 10 dias. Ele complementou ainda que não é atribuição dele “convocar o presidente da Câmara Municipal enquanto não estiver no exercício da Prefeitura”.

“O ofício que ele encaminhou à Câmara não responde à pergunta. Ele está tentando desviar o foco para a falta de necessidade de autorização do Poder Legislativo. Mas a questão é que os dois [Carlos Eduardo e Álvaro Dias] viajaram e nós solicitamos esclarecimentos sobre essa informação”, pontuou a vereadora.

Segundo Natália, em virtude de o ofício encaminhado pelo vice-prefeito “não trazer informações suficientes”, a Câmara renovou o requerimento para que a situação seja esclarecida. “O que o vice respondeu não satisfaz ao que foi perguntado”. Além disso, o pedido para que o próprio prefeito Carlos Eduardo Alves dê explicações sobre o ocorrido continua valendo.

VIAGEM AO EXTERIOR
O caso ganhou repercussão após denúncia do vereador Sandro Pimentel (PSOL) apontar que tanto Carlos Eduardo quanto Álvaro Dias se ausentaram da cidade por mais de uma semana entre os feriados da Paixão de Cristo e Tiradentes. Segundo informações obtidas pela reportagem, os dois viajaram para os Estados Unidos com as respectivas famílias.

O problema estaria no fato de que, ao contrário de outros episódios, o cargo não foi transmitido ao próximo na linha sucessória, no caso Raniere Barbosa (PDT), presidente da Câmara – o que deixou o município de Natal sem comando no referido prazo.

Ganhou força nos últimos dias a hipótese de que a responsabilidade da transferência do cargo – em caso de confirmação da ida do prefeito ao exterior – era do vice-prefeito, que assumiria o cargo imediatamente após distanciamento do titular. Álvaro nega.

E para Natália, é precoce atribuir responsabilidades neste caso. “Eu não sei de quem era a responsabilidade de transferir o cargo porque eu não sei nem quem viajou primeiro. Por isso, precisamos das informações”, destaca a petista.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.