BUSCAR
BUSCAR
Iniciativa
Vereadores aprovam projeto que determina médicos nas creches de Natal
Com o projeto da vereadora Eudiane, os Centros Municipais de Educação Infantil - CMEI's - poderão dispor de profissionais médicos trabalhando na prevenção de doenças
Redação
23/10/2018 | 17:27

Os vereadores de Natal aprovaram na sessão ordinária desta terça-feira, 23, o Projeto de Lei nº 042/18, da vereadora Eudiane Macedo (PTC), que determina a implantação do “Programa Médico nos CMEI’s” do município. Eles também efetivaram a alteração na Lei nº 6.681/2017, para que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida tenham prioridade não apenas no atendimento, mas também nos assentos em restaurantes, bares e similares.

Com o projeto da vereadora Eudiane, os Centros Municipais de Educação Infantil – CMEI’s – poderão dispor de profissionais médicos trabalhando na prevenção de doenças e acompanhando a vida nutricional dos alunos. “A presença do médico nas creches a cada três meses vai levar informações importantes às crianças, pais e monitores sobre saúde, com a prevenção de doenças infantis, atualizando vacinas e dando orientações nutricionais”, explicou a vereadora.

Já o projeto que trata do atendimento prioritário para idosos, grávidas ou pessoas com crianças de colo, com deficiência e obesos, é de autoria do vereador Ney Lopes Júnior (PSD), subscrito pela vereadora Nina souza (PDT). A proposta altera lei que já trata desse assunto. “Para que bares, restaurantes e similares, que já devem oferecer atendimento prioritário a este público, também possam destinar assentos e mesas prioritárias. Outras capitais e grandes cidades do país já têm esse tipo de atendimento e agora Natal também poderá ter, de modo que só vai otimizar o serviço”, argumenta o autor.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.