BUSCAR
BUSCAR
Subsídio
Vereadora defende auxílio para comerciantes de Natal: “Economia local pode entrar em colapso”
Parlamentar ressaltou que pandemia do coronavírus levou ao fechamento do comércio como medida preventiva e que, sem faturamento, empresas podem demitir
Redação
24/03/2020 | 15:39

A vereadora Nina Souza (PDT), vice-presidente da Câmara Municipal de Natal, defendeu nesta segunda-feira (23) que o poder público disponibilize para comerciantes da capital potiguar “linhas de auxílio e subsídio” para evitar que donos de estabelecimentos decretem falência por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Vamos lutar a favor de medidas que possam assegurar viabilidade aos comércios e empreendedores e evitar demissões em massa. Além da saúde, a economia local pode entrar em colapso”, escreveu a parlamentar, em uma rede social.

A vereadora ressaltou que a pandemia do novo coronavírus – que já infectou ao menos 14 pessoas no Rio Grande do Norte, segundo o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde Pública – levou ao fechamento do comércio como medida preventiva e que, sem faturamento, empresas podem demitir.

“A pandemia do coronavírus criou um vácuo na economia, com impactos financeiros negativos. Não podemos deixar que a crise, que surgiu com o isolamento domiciliar e as restrições de funcionamento para atividades comerciais, gere demissões em massa”, afirmou a vereadora.

Pausa nos financiamentos

Nesta terça-feira (24), a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) anunciou que vai estender aos microempreendedores com financiamentos ativos na instituição uma pausa por até 90 dias do pagamento das parcelas.

Antes, a instituição já havia anunciado a ampliação também para até três meses da carência para o início do pagamento de novos financiamentos que forem contratados até 30 de abril deste ano.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.